ALE 1 (6)x(5) 1 ITA – Eurocopa: Italianos param em Neuer, e Alemanha se classifica

Goleiro Alemão fecha a baliza e elimina os Italianos

Festa Alemã, estão classificados (Foto: Reprodução/Globoesporte.com)

Sabe quando achamos que um jogo vai terminar 0 a 0 logo de cara? Quando as duas equipes tem de um lado, o melhor goleiro do mundo atualmente, e do outro, um dos melhores goleiros do mundo (ou o melhor) e em atividade? Era Neuer contra Buffon. Alemanha e Itália, um dos maiores clássicos do futebol mundial, a seleção atual campeã do mundo, e a seleção que tem “apenas” 4 mundiais.

Expectativa de um baita jogo. Que se confirmou logo cedo, quando rolou a bola, a Alemanha jogou como Alemanha. Foi pra cima dos italianos, tentando abrir o placar á todo custo. O técnico alemão Löw, surpreendeu a todos, e sacou Draxler do time titular, que vem fazendo uma ótima Euro, e apostou no jovem Kimmich ao lado de Özil na armação. A Itália continuou no mesmo 3-5-2 que vinha dando certo, com 2 volantes desta vez, sem De Rossi, os escolhidos foram Parolo e Sturaro. Os dois times se estudaram bastante, e nada de arriscar. Aos 16, Khedira sentiu e deu lugar ao experiente Schweinsteiger, e no primeiro tempo, nada de chances claras pros dois lados.

Na volta a campo, as seleções entraram mais ligadas. O segundo tempo começou corrido, a seleção Italiana marcava muito, anulava todo tipo de ataque alemão, e aos 9 do segundo tempo, em falha coletiva, Müller recebe de Gomez, corta pra esquerda, bate, e Florenzi tira com o pé, pra evitar o gol alemão. Foi a melhor chance do jogo até aqui. A Alemanha crescia. Aos 20, em contra ataque rápido, o lateral Héctor faz a ultrapassagem e cruza pra Özil, livre de marcação dentro da área, empurrar a bola pras redes, sem chance para Buffon, a Alemanha abria o placar, 1 a 0.

A Itália sentiu o gol, aos 23, o artilheiro Gomez recebeu dentro dá área, e frente a frente o goleiro italiano, conseguiu emendar um calcanhar, a queima roupa, e Buffon fez uma defesa simplesmente incrível, para alívio dos italianos. Logo depois, aos 32, Florenzi cruza na área, Chiellini desvia, e o zagueiro alemão Boateng, mete a mão na bola. Pênalti para a Itália. O zagueiro Bonucci bateu firme, consciente, sem chances para Neuer, era o empate italiano, 1 a 1. Daí em diante, nada de gols. O jogo se encaminhou para a prorrogação, e as duas equipes não mantiveram o ímpeto de atacar, esperavam o momento certo, que não aconteceu nos 30 minutos. Teríamos pênaltis.

Insigne abriu as cobranças para Itália e marcou. Logo depois, Kroos deixou tudo igual. O atacante Zaza, da Juventus, que só tinha entrado para bater o pênalti, isolou. Müller foi para a cobrança, para deixar a Alemanha na frente, mais parou em Buffon, monstro. Barzagli fez. Özil carimbou o poste de Buffon, a Itália estava na frente. Pellé bateu fraquinho, e Neuer fez um milagre. Draxler deixou tudo igual, fomos para uma cobrança de pênaltis alternadas. O lateral Darmian, do United, bateu e Neuer fez milagre, estava nos pés de Hector a classificação alemã. E ele não desperdiçou. Alemanha classificada, alegria total dos alemães, choro italiano.

A Alemanha aguarda o vencedor de França e Islândia, para saber quem enfrenta na semifinal, que irá acontecer na próxima quinta feira (7), em Marselha. Mais um grande jogo pela frente, a Euro vem chegando ao fim, quem será que leva o título pra casa? No próximo domingo, iremos saber.

 

Texto: Daniel Ribas

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*