Augusto Bauer: O Gigantinho

Gigantinho tem um valor histórico do tamanho de seu apelido

Estádio foi fundado em 1931 (foto: Critóvão Vieira)

Um dos estádios de futebol mais importantes de Santa Catarina fica no coração de Brusque, na região do Vale do Itajaí. Apesar de ser considerado um palco pequeno para o futebol dos tempos modernos, com uma capacidade de cinco mil pessoas, o Gigantinho tem um valor histórico do tamanho de seu apelido.

Foi no campo sediado na Avenida Lauro Müller que o futebol profissional de Santa Catarina germinou. Se desenvolveu ali a primeira agremiação a participar de competições oficiais do esporte bretão, o Clube Atlético Carlos Renaux – por isso o apelido de Vovô do Futebol Catarinense.

O centenário Carlos Renaux foi uma das principais potências da Santa e Bela Catarina. Foi bicampeão catarinense dos anos de 1950 e 1953. Depois da histórica enchente de 1984, que assolou a região do Vale e praticamente submergiu toda a Brusque, o estádio ficou em situação bastante complicada. Sem dinheiro e com um estádio devastado nas mãos, o tricolor pediu licença do futebol.

Augusto Bauer já sofreu com pelo menos duas grandes enchentes, como essa em 2011
Augusto Bauer já sofreu com pelo menos duas grandes enchentes, como essa em 2011 (foto: Kennedy Nunes/Divulgação)

O estádio hoje em dia

Apesar de hoje estar desativado do esporte profissional, o Carlos Renaux ainda é dono do Augusto Bauer. O clube tem presidência e diretoria, além de administrar escolinhas de futebol. Mas o estádio octogenário não deixa de receber competições oficiais. Atualmente, o Gigantinho é a casa do Brusque Futebol Clube, que aluga o espaço.

Além do Quadricolor do Vale – que compete atualmente o Brasileirão Série D -, este ano o Barra Futebol Clube, da popular cidade litorânea Balneário Camboriú, vai mandar seus jogos no Catarinão Série B 2016. A competição inicia nas próximas semanas.

Ficha técnica:

Estádio Augusto Bauer
Inauguração: 7 de junho de 1931
Capacidade: 5 mil pessoas
Proprietário: Clube Atlético Carlos Renaux

Partida histórica: Carlos Renaux 5×5 Botafogo (RJ) – 1958

O Botafogo de Futebol e Regatas decidiu fazer uma excursão em Santa Catarina, e escolheu Brusque como palco e o Carlos Renaux como adversário. O jogo pegou fogo, com o time da casa abrindo 4 a 1. No segundo tempo, foram mais cinco gols, um para o lado tricolor, e quatro para o lado alvinegro.

Confira uma matéria do Globo Esporte, da Rede Globo, sobre a partida histórica.

Texto: Cristóvão Vieira

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*