BRU 2 x 0 JMA – Jotinha perde invencibilidade fora de casa

Jotinha vê rivais encostarem no grupo A15 da Série D

Time da capital paranaense vê rivais encostarem (foto:Reprodução/Facebook/Brusque Futebol Clube)

O JMalucelli vinha embalado por duas vitórias contra Novo Hamburgo e Madureira, porém viu sua invencibilidade fora de casa cair frente ao Brusque, nesta tarde de domingo (26). Com a derrota, o Jotinha também vê seus adversários colarem na briga pela liderança do grupo A15 da Série D do Brasileirão.

Os poucos torcedores que compareceram ao Augusto Bauer, em Brusque, puderam ver uma partida movimentada desde o princípio, com a equipe da casa sendo dominante. Já nos primeiros minutos, Fabrício começou a trabalhar em um chute de Carlos Alberto de fora da área. O JMalucelli perdeu o meia Paulo Vítor, lesionado antes dos 10 minutos de jogo, o que obrigou Luciano Gusso a queimar uma alteração com a entrada de Carlos.

Com a pressão do Brusque estabelecida, restava ao Jotinha buscar o contra-ataque. Em um deles quase saiu o gol da equipe curitibana. Robinho aproveitou a saída errada do zagueiro Neguette, mas bateu fraco e no meio do gol, facilitando a vida do goleiro Zé Carlos. O Brusque abusava dos cruzamentos com o bom meia Paulinho, sempre muito acionado pela equipe catarinense. E em um desses cruzamentos, Carlos Alberto quase abriu o placar.

O primeiro tempo seguia no ataque do Brusque e contra-ataque do JMalucelli até os 30 minutos, quando o Jotinha começou a sair mais. O lance do primeiro tempo veio numa cobrança de falta do JMalucelli. Robinho cobrou na área e Santiago cabeceou para a grande defesa de Zé Carlos. Na continuação do lance, Neguette jogou para o próprio gol e obrigou Zé Carlos a trabalhar novamente, mantendo o placar do jogo. Assim terminou o primeiro tempo, com o JMalucelli ensaiando uma melhora na partida.

Na volta para a segunda etapa, o Brusque iniciou a pressão que resultaria no primeiro gol do jogo. Primeiro, Eliomar saiu na cara de Fabrício, driblou o goleiro, ficou sem ângulo e bateu fraco para o gol, permitindo a chegada do volante Wellington. Logo depois veio o gol. O zagueiro Cleyton lançou e encontrou Carlos Alberto sozinho na área, que tocou para Eliomar apenas empurrar para as redes. O atacante ainda bateu fraco, mas foi o suficiente para abrir o placar no Gigantinho, aos 4 minutos do segundo tempo.

A partir daí, a equipe catarinense perdeu muitas oportunidades. Uma com Paulinho embaixo da trave, outra com Eliomar de fora da área. Depois, Fabrício defendeu outra boa ameaça de Paulinho. O JMalucelli ficou acuado nos primeiros 15 minutos e a sua defesa estava muito mal na partida.

Rafael Xavier comemora o segundo gol do Brusque contra o JMalucelli (foto:Reprodução/Facebook/Brusque Futebol Clube)
Rafael Xavier comemora o segundo gol do Brusque contra o JMalucelli (foto:Reprodução/Facebook/Brusque Futebol Clube)

Quando o JMalucelli começou a sair mais, Santiago foi expulso. Ele cometeu uma falta quando a placa de sua substituição estava para ser erguida, complicando a vida de Luciano Gusso e do Jotinha. Aos 30 minutos, o JMalucelli quase empatou. Eltinho aproveitou saída errada do goleiro Zé Carlos e bateu cruzado pra fora. Mas aos 38 minutos, Rafael Xavier, que havia entrada um pouco antes, aproveitou mais um vacilo da zaga do JMalucelli e tocou por cima do bem adiantado Fabrício para marcar um esquisito gol. Com o 2 a 0, o Brusque diminuiu o ritmo, controlou a partida e venceu sua primeira na competição.

O grupo está embolado no momento, com JMalucelli na liderança, seguido de perto por Brusque e Madureira. Já o Novo Hamburgo é o lanterna. As duas equipes voltam a se enfrentar no bucólico Eco Estádio, em Curitiba, no dia 3 de julho, às 16h.

FICHA TÉCNICA

BRUSQUE 2 x 0 JMALUCELLI

Local: Estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC)
Data: 26 de junho de 2016, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Aurélio Santana Martins (SP)
Assistentes: Eli Alves Sviderski (SC) e Diego Leonel Félix (SC)
Cartões Amarelos: Marcelo Tchê, Eliomar e Pelézinho (Brusque), Quirino, Santiago, Wellington e Carlos (JMalucelli).
Cartões Vermelhos: Santiago (JMalucelli).

Brusque: Zé Carlos; Marcelo Tchê, Neguette, Cleyton e Aélson; Carlos Alberto (David), Mineiro, Paulinho (Rafael Xavier) e Ruan (Pelézinho); Toni e Eliomar.

Técnico: Mauro Grasel

JMalucelli: Fabrício; Cristóvam, Alex Fraga, Valdomiro e Diego (Jenison); Wellington, Paulo Vítor (Carlos), Quirino (Luís Fernando) e Robinho; Eltinho e Santiago.

Técnico: Luciano Gusso

Público Total: 477
Renda:  R$ 6.420,00

Texto: Diego Giandomenico

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*