CHA 0x2 COR – Corinthians acaba com invencibilidade da Chape e segue encostado no líder Palmeiras

(Foto: Reprodução/Twitter/Revista Placar)

O Corinthians segue à caça do líder Palmeiras e, neste sábado (9), na Arena Condá, o alvinegro acabou com a invencibilidade do adversário como mandante ao derrotar a Chapecoense pelo placar de 2 a 0, chegando aos 28 pontos, mesma pontuação que o líder e rival alviverde, o qual ainda entrará em campo nesta rodada, na próxima terça-feira (12), contra o Santos, no Allianz Parque. Os catarinenses, por sua vez, perderam grande chance de encostar no G-4 e permanecem com 18, em décimo primeiro.

Pode-se dizer que a primeira etapa foi bastante fraca tecnicamente, com poucas chances de gol para as duas equipes. Pelo lado do time de Santa Catarina, Gil deixou com Ananias, o qual bateu de primeira e viu o goleiro Cássio espalmar. A oportunidade corintiana aconteceu apenas nos minutos finais, quando Giovanni Augusto chutou de maneira despretensiosa, Marcelo Boeck deu rebote, mas Romero finalizou para fora.

A nota negativa dos quarenta e cinco minutos iniciais ficou por conta do zagueiro Pedro Henrique, do Corinthians, que ao disputar bola no meio campo, sentiu lesão na coxa esquerda e teve de deixar o campo de maca, sendo substituído por Yago. O Departamento Médico, em um diagnóstico preliminar, apontou estiramento no músculo posterior.

Veio o tempo complementar e, logo aos 2 minutos, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro acabou errando ao anular gol de Balbuena em cabeçada após cobrança de falta, alegando posição de impedimento, que não havia. Seria a inauguração do marcador por parte do Corinthians.

O time de São Paulo era melhor, controlava as ações da partida, tinha a posse de bola e não deixava a Chapecoense atacar. Com isso, aos 14 minutos, Rodriguinho recebeu na entrada da área, trouxe para a perna canhota e bateu colocado, à meia altura, tirando do alcance de defesa do goleiro Marcelo Boeck, abrindo o placar para o alvinegro.

Atrás do marcador, os donos da casa precisaram se lançar ao ataque, porém não conseguiam chegar com perigo à meta defendida por Cássio. A melhor oportunidade ocorreu já aos 40 minutos, quando Martinuccio cobrou falta para dentro da área, Kempes desviou de cabeça e Thiego apareceu como elemento surpresa na segunda trave, concluindo de primeira para fora.

Justamente no momento em que a Chapecoense estava desorganizada e tentava o empate, Fagner percebeu um buraco na defesa catarinense e descolou passe açucarado para Marquinhos Gabriel dar toque com categoria, de cavadinha, na saída de Marcelo Boeck, dando números finais ao jogo, 2 a 0.

Na próxima rodada, o Corinthians terá pela frente o clássico diante do São Paulo, no domingo (17), às 16h, na Arena de Itaquera, enquanto a Chapecoense, no mesmo dia e horário, também jogará um clássico contra o Figueirense, no estádio Orlando Scarpelli, casa do adversário.

 

Texto: Luiz Felipe Longo

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*