CHA 0x0 CAP – Chapecoense e Furacão empatam na Arena Condá nos dois jogos

Catarinenses empatam pela quarta vez no campeonato brasileiro e estacionam na sétima posição

Vinícius em jogada contra a Chapecoense (Foto: Divulgação/ Atlético-PR Site Oficial)

O segundo tempo da partida entre Chapecoense e Atlético-PR aconteceu na tarde desta quinta-feira (23), após terem o jogo adiado por conta de uma forte neblina, comum no oeste catarinense nesta época do ano, na quarta (22), que impediu a continuação do duelo na Arena Condá, em Santa Catarina.

O Furacão pressionou a Chapecoense durante os minutos iniciais, mas logo os catarinenses equilibraram o jogo. Nos 27 minutos, Otávio avançou pelo meio e bateu em direção ao gol de Danilo, mas arqueiro espalmou. Aos 28,  Lucas Gomes bateu de bico e a bola passou perto da trave. A melhor chance da Chape foi o lançamento de Hyoran na área atleticana aos 36, mas o goleiro Weverton salvou. Lucas Gomes pegou o rebote e chutou pra fora. Fim de papo e zero a zero no placar.

O atacante Walter, que torcia para que a partida de quarta terminasse no mesmo dia para não perder a festa da filha Catarina, avaliou o desempenho do grupo nesta tarde. “Voltamos no segundo tempo bem, mas é perigoso jogar aqui. Levamos 1 ponto pra casa e agora é fazer mais três contra o Grêmio”, disse. Perguntado se Catarina ficou chateada porque o pai não pôde estar presente na festa de aniversário dela, o jogador garantiu que vai correr para casa e chegar a tempo para comemorar junto à família. “Conversei com ela, mas vou sair daqui agora. Vou pegar o carro e estou indo pra lá. Espera um pouquinho aí, filha. Papai está chegando! Papai te ama muito!”, falou Wagner.

O meia Hyoran lamentou a grande chance que teve perto do fim do jogo para colocar o time catarinense na frente. “O campo estava um pouquinho ruim. Na hora que a bola veio, eu pensei, primeiramente, em acertar o gol e eu não consegui acertar. O Weverton foi feliz em fazer a defesa, estava bem posicionado, tenho que lamentar. É continuar nessa batida que vamos conseguir as vitórias”, contou.

Este é o quarto empate da Chape no campeonato. Com 15 pontos, os catarinenses estacionaram no sétimo lugar e o Furacão ficou em nono, com 14. Os próximos duelos das equipes serão neste domingo (26). O Atlético-PR joga contra o Grêmio em Curitiba, às 16h, e a Chapecoense vai à Recife enfrentar o Sport, às 18h30.

 

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 0 X 0 ATLÉTICO-PR

Local: Arena Condá, em Chapecó (RS)
Data: 23 de junho de 2016, quinta-feira
Horário: 15h (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Pedro Jorge Santos de Araújo (AL).
Cartões Amarelos: Léo e Walter (Atlético-PR), Sérgio Manuel e Hyoran (Chapecoense)

CHAPECOENSE: Danilo; Gimenez, Marcelo, Thiego, Sérgio Manoel; Josimar, Cleber Santana, Arthur Maia; Lucas Gomes, Bruno Rangel, Silvinho.
Técnico: Guto Ferreira

ATLÉTICO-PR: Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno, Nicolas; Deivid, Otávio, Vinícius; Pablo, Walter, Anderson Lopes.
Técnico: Paulo Autori

Público total: 3.788 (2.582 nesta quinta-feira)
Renda: R$ 40.415,00

 

Texto: Larissa Coelho

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*