COR 4×0 FLA – Avassalador, Corinthians goleia Flamengo e segue na briga pela liderança do Brasileirão

Romero foi o autor de dois gols na vitória do Timão sobre o Flamengo (Foto: Reprodução/Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)

O Corinthians goleou o Flamengo, por 4 a 0, na tarde deste domingo (3), na Arena, e segue na briga pela liderança do Brasileirão 2016. Em partida válida pela 13ª rodada, Romero comandou o baile em Itaquera ao lado de Guilherme e Rildo, deixando Timão colado no líder Palmeiras e à espera um deslize do alviverde para assumir a ponta da tabela.

No primeiro tempo, o Corinthians impôs um bom ritmo no jogo e pressionou o Flamengo logo no apito inicial. Após uma cobrança de escanteio, o zagueiro Balbuena desviou de cabeça, mas a bola passou pela trave esquerda do goleiro Alex Muralha. Sem muito perigo, os rubro-negros buscavam a área corinthiana, mas a defesa do Timão se manteve atenta e cortava qualquer tipo de lançamento. Aos 14 minutos, o Flamengo teve um bom lance de ataque depois da cobrança de escanteio de Alan Patrick, só que goleiro Cássio salvou o Corinthians. Chegando aos 19, o Flamengo fechou na marcação e anulou algumas jogadas da equipe corinthiana. Quando o cronômetro marcava 24 minutos, o Timão assustou Muralha. Romero dá um belo passe para Marquinhos Gabriel, e sozinho, bateu forte em direção ao gol, mas o arqueiro rubro-negro defendeu. O Flamengo conseguiu equilibrar a partida e, aos 31, Ederson acertou a trave de Muralha, Alan Patrick pegou o rebote, mas finalizou mal. Chegando ao fim da primeira etapa, o Corinthians foi tentando acertar o ataque. Aos 40, Ederson recebeu um carrinho de Fagner. O técnico Zé Ricardo reclamou da arbitragem na marcação do lance e foi expulso,

Na volta do intervalo, o rubro-negro buscava sair na frente do placar. Aos 10 minutos, Arão fez uma tabela com Guerrero, que dá um chutão em direção ao gol de Cássio, mas o arqueiro espalmou e a bola foi pra escanteio. A festa do Timão começou aos 14. Romero pegou a sobra num cruzamento de escanteio e mandou pro fundo da rede. Jayme Almeida, que passou a comandar o Flamengo após a expulsão de Zé Ricardo, tentou melhorar o ataque do Mengão com algumas substituições, mas o Corinthians estava inspirado neste segundo tempo. Aos 29, Guilherme chutou forte na entrada da área, mas a bola passou por cima do gol de Muralha. Guilherme amplia o placar após vacilo de Jorge em jogada de Romero. O atacante cruza para o meia, que bateu no canto direito do goleiro rubro-negro. Dois minutos depois, Rildo aumentou a vantagem corinthiana no rebote de voleio. Ensandecida, a torcida gritava “Olé” para os rivais quando o Corinthians estava com a posse de bola.

O Flamengo se viu desestabilizado após o terceiro gol do Corinthians. Aos 31, Guerrero e Pedro Henrique se estranham e o árbitro Heber Roberto Lopes deu um cartão amarelo para o atacante, que fica fora da partida do rubro-negro contra o Atlético-MG na próxima rodada. O baile do Timão voltou com Romero, aos 43, quando Rodriguinho achou o meia sem marcação. O paraguaio bateu de esquerda e a bola foi de encontro ao gol de Alex Muralha. Fim de papo!

Com a vitória, o Timão conquistou 25 pontos e continua na vice-liderança. Seu próximo compromisso será contra a Chapecoense, no sábado (9), na Arena Condá, às 16h30. O Mengão estacionou na 7ª colocação, com 20 pontos, e enfrenta o Galo, no Mané Garrincha, em Brasília, às 11h, no domingo (10).

 

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 4×0 FLAMENGO

Local: Arena Corinthians, em Itaquera (SP)
Data: 03 de julho de 2016, domingo
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Nadine Camara Bastos (Fifa-SC)
Cartões amarelos: Ederson, Márcio Araújo, Guerrero (FLA), Guilherme, Pedro Henrique (COR)
Gols: Romero, aos 14min do 2º tempo; Guilherme, aos 32min do 2º tempo; Rildo, aos 34min do 2º tempo; Romero, aos 43min do 2º tempo.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique e Rodriguinho; Marquinhos Gabriel (Maycon), Giovanni Augusto (Rildo) e Romero; Luciano (Guilherme).
Técnico: Cristóvão Borges.

FLAMENGO: Alex Muralha, Rodinei (Pará), Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick e Ederson (Everton); Marcelo Cirino (Thiago Santos) e Paolo Guerrero.
Técnico: Zé Ricardo

Público: 32.960
Renda: R$ 2.025.123,50

Texto: Larissa Coelho

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*