CRU 2×2 VIT – Com um a menos, Vitória arranca empate contra o Cruzeiro em Minas

(Foto: Juliana Flister/ Light Press/Cruzeiro)

Em um jogo movimentado nesta manhã de domingo (3), a raposa e o rubro-negro baiano travaram um duelo válido pela 13ª rodada do brasileiro. Dentro do Mineirão com um belo público, o time mineiro saiu na frente e chegou a estar ganhando de 2 a 0. Porém, o Vitória jogou melhor na maior parte do jogo e mesmo com um a menos, buscou o empate.

O Leão da Barra tinha nos pés de Marinho o seu maior destaque no jogo. Desde o primeiro minuto do primeiro tempo, o atacante infernizou a defesa do seu ex-clube, mas tinha Fábio pelo caminho. E como tem aquela máxima no futebol de “quem não faz, leva”, o Cruzeiro em sua primeira grande oportunidade balançou as redes com Alisson, que recebeu sozinho e marcou o único gol da primeira etapa.

A equipe baiana voltou com a mesma vontade para o segundo tempo, mas logo aos dois minutos, teve Ramon expulso após ter impedido contra-ataque da equipe celeste. Parecia que seria um jogo tranquilo para o Cruzeiro, ainda mais quando Alex e Riascos fizeram boa jogada e deixaram Arrascaeta na cara do gol para aumentar a vantagem, mas não foi assim. O Leão foi corajoso e com Marinho colocando fogo no jogo, buscou o empate. O primeiro gol saiu de pênalti convertido por Diego Renan e, alguns minutos depois, o mesmo daria assistência para Vander igualar o placar. O Cruzeiro foi pra cima do adversário, mas por pouco não levou a virada, para a ira da torcida que não assistiu a um bom jogo da Raposa.

Foto: Globoesporte.com
(Foto: Reprodução/Globoesporte.com)

Com o resultado, o Cruzeiro vai aos 15 pontos, enquanto o Vitória foi a 17. Na próxima rodada, o rubro-negro baiano recebe o Fluminense. Já o Cruzeiro joga mais uma vez em casa contra o Atlético Paranaense. Antes disso, as equipes se enfrentam novamente na quarta-feira, pela terceira fase da Copa do Brasil.

 

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 2×2 VITÓRIA

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 03 de julho de 2016, domingo
Hora: 11h (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez
Assistentes: Cleberson do Nascimento Leite e Bruno Cesar Chaves Vieira

Cruzeiro: Fábio; Lucas (Willian), Fabrício Bruno, Bruno Viana e Bryan (Allano); Bruno Ramires, Lucas Romero, Arrascaeta, Élber (Alex) e Alisson; Riascos.
Técnico: Paulo Bento.

Vitória: Caíque; Victor Ramos, Kanu e Ramon; Amaral (Vander), Willian Farias, Diego Renan e Euller; Dagoberto (Tiago Real), Marinho e Kieza.
Técnico: Vagner Mancini.
Texto: Jean Costa

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*