GRE 1×2 VIT: Vitória vence e tira invencibilidade do Grêmio na Arena

Equipe baiana não se intimidou com a boa campanha gremista e venceu fora de casa

Vitória, de Dagoberto, quebra tabu e vence, o Grêmio, em Porto Alegre após 34 anos (Foto: Reprodução/Instagram/ecvitoriaoficial)

O Grêmio foi surpreendido pelo Vitória, em Porto Alegre, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols da partida foram todos de jogadores do rubro-negros: Kieza e Diego Renan marcaram a favor e Victor Ramos, fez contra. Com mais três pontos na conta, o Vitória chegou na 14ª posição, com 12 pontos. Já o Grêmio estacionou nos 18 pontos e é oterceiro.

Antes do primeiro giro do ponteiro, o Grêmio já chegou bem ao ataque. Em jogada de velocidade de Everton, pela esquerda, cruzou para Luan que finalizou por cima. A primeira finalização do Vitória veio aos 8 minutos, num chute de Amaral, de fora da área, sem muito perigo. Após muitos passes errados dos dois times, o tricolor gaúcho voltou a atacar com perigo aos 16, com Giuliano, em boa jogada de Luan. Aos 23, Tiago Real, finalizou livre, com perigo, por cima da meta gremista. O Vitória abriu o placar aos 26 minutos, após o cruzamento na medida de Diego Renan, Kieza cabeceou para as redes.

Os baianos voltaram a marcar após o árbitro marcar pênalti de Bressan em Dagoberto. O defensor gremista já tinha um cartão amarelo e acabou expulso. Diego Renan cobrou e marcou o segundo do Vitória. No fim do primeiro tempo, em grande passe de Dagoberto, Kieza entrou cara a cara com Marcelo Grohe, mas acabou desperdiçando a oportunidade.

O segundo tempo começou com muita marcação. O Grêmio conseguiu diminuir o placar aos 10, em uma trapalhada da zaga rubro-negra, o goleiro Fernando Miguel cortou o cruzamento e a bola bateu na cabeça de Victor Ramos, que acabou marcando o gol contra. Após o gol, o jogo ficou movimentado, e em apenas dois minutos, a bola foi das mãos de Marcelo Grohe, no chute de Euller, para a trave do Vitória, na cabeçada de M. Oliveira.

Os gaúchos chegam bem, novamente, aos 25. Edílson invadiu a área sozinho e finalizou em cima do goleiro do Vitória. A equipe baiana voltou a assustar com Kieza em uma cabeçada depois de um escanteio. Nos últimos minutos, Luan entrou sozinho com o goleiro rubro-negro, após finalizar com ‘cavadinha’, a bola foi pra fora.

 

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 X 2 VITÓRIA

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)
Data: 23 de junho de 2016, quinta-feira
Horário: 19h15h (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (SC)
Assistentes: Carlos Berkenbrock(SC) e Neuza Back (SC)
Cartões Amarelos: Victor Ramos (V), Dagoberto (V), Bressan (G) Ramiro (G), Tiago Real (V), Walace (G), Euller (V), M. Oliveira (G)
Cartões Vermelhos: Bressan (Grêmio)

GRÊMIO : Marcelo Grohe; Edilson, Fred, Bressan e Marcelo Oliveira; Walace, Ramiro (Jaílson), Douglas (Negueba), Giuliano e Everton (M. Hermes); Luan.
Técnico: Roger Machado

VITÓRIA: Fernando Miguel; Victor Ramos, Kanu e Ramon; Diego Renan, Amaral (L. Domingues), William Farias, Tiago Renan e Euller (Welisson); Dagoberto (Marcelo) e Kieza.
Técnico: Vagner Mancini

Público total: 14:382 pessoas
Renda: R$ 352.108,00

 

Texto: Kauê Camargo @kaue_01

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*