Grêmio Barueri – Da ascensão ao sumiço do Abelhão

Grêmio Barueri Futebol(Foto: Reprodução/ Internet)
Por: Lucas Almeida, SP

O Grêmio Barueri, time da zona oeste de São Paulo, foi fundado em 1989, mas começou a jogar profissionalmente apenas em 2001. A partir dali, foi conquistando seu espaço no cenário do futebol muito rápido. Ano após ano triunfando acessos de divisões muito rápido, em 4 anos a equipe foi da sexta divisão para à elite do Campeonato Paulista, sendo campeão em todos os anos. Em 2006, além de conquistar o passe para a primeira divisão do estadual, conseguiu também subir para a Série B do Campeonato Brasileiro, sendo o sexto acesso em seis anos, ficando conhecido como “Time dos Acessos”.

Em 2008, no campeonato Paulista não foi muito bem, mas fez o suficiente para permanecer na Série A-1, terminando na décima quinta colocação. Porém, no brasileiro foi tudo diferente, e com uma ótima campanha, o Barueri terminou na quarta colocação, com sessenta e três pontos e garantindo mais um acesso, dessa vez, chegando na primeira divisão nacional.

barueri
Jogadores Grêmio Barueri (Foto:Reprodução/Internet)

No ano seguinte, em sua estreia no Brasileirão, conquistou um feito grandioso para a sua história, além de ter feito uma bela campanha durante o campeonato, terminando na décima primeira colocação e garantindo vaga na Copa Sulamericana de 2010. Ademais, teve destaque os jogadores Ralf que saiu para o Corinthians e Fernandinho, que logo depois foi transferido ao São Paulo. E, por fim, teve seu atacante Val Baiano como um dos artilheiros da competição com 18 gols marcados.

Atrito Clube x Prefeitura e mudança de cidade e sequência de rebaixamentos e retorno pra Barueri

Em 2010, após um belo campeonato Paulista e terminar na terceira colocação, parecia que seria mais um ano bom para o Barueri, porém, após desentendimento entre clube e a prefeitura da cidade, o time se mudou para Presidente Prudente, passou a mandar seus jogos no Estádio Prudentão, e mudou o nome para Grêmio Prudente Futebol. O campeonato brasileiro veio, mas o Abelhão não teve o mesmo desempenho da temporada passada e foi rebaixado, ficando na última colocação, somando apenas vinte e oito pontos.

Depois de uma péssima ideia de ter se mudado para Presidente Prudente, novamente o clube mudou de sede. Desta vez, voltou a antiga cidade após ser comprado por um grupo de empresários de Barueri. Mas, mesmo assim, o time continuou na mesma, não conseguia mais se encaixar e os rebaixamentos começaram a vir um atrás do outro. Após ser rebaixado no Brasileirão em 2010, em 3 anos o Barueri já estava na última divisão e dando adeus as competições nacionais.

A maior crise

barueri-77
Grêmio Barueri Paulista A-3 (Foto: Divulgação/ José Luiz de Campos – Grêmio Barueri Futebol Ltda)

Em 2016, após ser rebaixado a Série A-3 do Paulista, o Abelhão viveu um dos maiores dramas de sua história. Os jogadores reclamavam que não recebiam salários e não tinham o que comer no alojamento. Em todos os jogos a equipe contava com apenas 12 atletas relacionados. Depois sofrer muitas goleadas e até perder jogos por W.O, veio o último contra o Noroeste na Rua Comendador de Souza e levou nada mais que 10 a 0, sacramentando mais uma rebaixamento. Terminou o campeonato em último sem conquistar ao menos uma vitória e contabilizou mais de 50 gols sofridos e apenas 3 marcados.

Novamente o Grêmio Barueri foi vendido, porém, ninguém sabe quem é o seu novo dono. O antigo, Alberto Ferrari, sumiu. Nunca mais deu as caras sobre o clube. Não se sabe também quem é o novo proprietário do clube. Hoje, o Barueri está na Segunda Divisão do Campeonato Paulista, equivalente à quarta divisão do estadual, abandonado, sem nenhuma esperança de voltar a ser o time dos acessos.

Fontes: Grêmio Barueri e Globoesporte.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*