Homenagem do site Cenas Lamentáveis à Associação Chapecoense de Futebol

(Foto: Reprodução/ BBC.com)
Por: Redação Site CL

O dia 29 de novembro é provavelmente o dia mais triste da história do futebol brasileiro. A Associação Chapecoense de Futebol caminhava em direção ao seu mais importante jogo na história dos seus 43 anos. A Chape iria pousar em Medellín, na Colômbia, para começar os trabalho relacionados à final da Copa Sul-Americana, onde enfrentaria o Atlético Nacional. A equipe de Santa Catarina vivia um momento único. Buscavam o primeiro título internacional e era um clube muito querido por todo o país. Eram 81 presentes e, até então, foram confirmados 76 mortes, incluindo jogadores, comissão técnica e a tripulação. O futebol e o jornalismo está em luto.

O sonho não podia ter acabado assim

Como fãs e apaixonados por futebol, estamos todos abalados com essa notícia. Jovens buscavam um sonho, profissionais indo documentar uma linda partida e profissionais da aviação realizando mais um trabalho morreram de uma forma trágica. Um acidente que vai marcar para sempre o mundo da bola. Nós, do site Cenas Lamentáveis, deixamos nossa solidariedade à todas as famílias. Fica aqui a homenagem dos redatores:

“O futebol nunca será apenas um jogo. O Brasil inteiro estava abraçado fortemente com a Chapecoense. Uma equipe que saiu da Série D em 2009, disputava a elite do futebol há três anos. É uma história clássica do pequeno em riqueza, mas grande em espírito que se agiganta transformando-se. O seu sonho e ambição nunca serão esquecidos por nós brasileiros que desde as fases anteriores já vestiam a camisa verde e branca por vocês. Obrigado por ter trazido esperança, um sonho e por tocar nosso coração. No unimos agora, ainda mais, em solidariedade às famílias do profissionais para que encontrem o conforto, privacidade e respeito dentro deste momento terrível que estão. Força Chapecoense!” (Lucas Poeiras, MG)

“Difícil escrever sobre o acontecimento sem chorar. Como apaixonado por futebol e catarinense que sou, sinto que um pedaço dessa paixão futebolística se foi com esse elenco do Verdão do Oeste. Uma história tão linda, um sonho, uma equipe “pequena” conseguir trilhar em um sucesso meteórico e chegar em uma final de competição continental. Mas o destino foi cruel, levou nossos heróis para o céu, é difícil de acreditar.  Quando recebi a noticia do meu irmão, que o avião havia sofrido um acidente fiquei estarrecido, o momento que era pra entrar pra história da Chapecoense, acabou entrando por causa da infeliz tragédia, não era pra ser assim. O Brasil e o mundo chora a perda desses jogadores e comissão técnica, que a família dessas pessoas tenha força para seguir em frente. Vocês têm o apoio de todos os apaixonados por futebol, assim como eu. A dor é imensurável. Que Deus conforte todos os familiares e torcedores da Chape. FORÇA CHAPE, ESTAMOS TODOS CONTIGO!” (Lucas Bastos Gabriel, SC)

“Acordar com a notícia da queda do avião da Chape foi doído. Esses caras representavam o sonho de todo torcedor que não estão nos grandes centros do futebol brasileiro ou nas divisões de acesso. A ficha parece não cair. O elenco simpático e brigador que nos acostumamos a olhar com carinho depois de bater nos grandes e chegar na final da Copa Sul-Americana tem esse destino trágico… A vida realmente não é justa. É, com toda certeza, um dos dias mais tristes da minha vida por toda a paixão que eu sinto pelo futebol e por me identificar tanto com esses meninos que agora partiram. Às famílias, fica o abraço carinhoso e o apoio para tentarem seguir em frente, estendendo à torcida, fica o desejo que algo (independente de crença) conforte o coração de todos. O mundo perdeu grandes pessoas e o futebol perde uma parte da equipe que mais encantou o país nos últimos anos. ESTAMOS COM VOCÊS, CHAPE!” (Victor Portto, CE)

“O futebol encanta, emociona, cativa e até nos leva ao desespero. São vinte e dois personagens correndo atrás de uma bola – alguns dizem. Às vezes, ele é bonito, como às vezes é feio, mas é sempre jogado com paixão por esses mágicos, e admirado por nós mortais. Enganam-se aqueles que acham que isso tudo é só um jogo, pois essa é uma brincadeira que transforma homens em meninos, sonho em realidade. Hoje o futebol ligou torcedores de todo o mundo, uniu lágrimas em torno do amor que temos por esse esporte tão especial. A máxima prova de que isso tudo é muito mais do que um simples jogo! #ForçaChape” (Wagner Ponce, SP)

“Não existem palavras para expressar toda dor e tristeza em virtude desse trágico acidente ocorrido com a encantadora equipe da Chapecoense. Um desfecho lamentável daquele que, sem sombra de dúvidas, é o projeto mais bonito e vanguardista do atual cenário futebolístico brasileiro. Além disso, expresso minhas sinceras condolências a todos os familiares e amigos dos nosso companheiros de impressa vitimados nesse tragédia. Hoje é um daqueles dias que demoram a terminar…” (Pedro Portugal, MG)

“O futebol sempre foi meu amigo, meu grande amigo. Eu sempre disse que o estádio e o futebol me ensinaram o amor ao próximo e a CUMPLICIDADE. Como todo apaixonado por futebol, o acidente com a Chapecoense, o xodó do Brasil, me deixa em lágrimas, um sentimento de perda, a perda de um amigo de longe, um amigo boa praça, querido por todos. Morrem os homens, ficam os sonhos e se abre as portas do Olimpo do futebol. O sonho ainda vive, sonhos não morrem nunca. Força Chape, aqui meu carinho e respeito.” (Daniel Bravo, MG)

“Lembro-me de que apenas 3 dias atrás, faltando poucas horas para o decisivo jogo entre Vasco e Ceará, eu estava em pleno Maracanã e o assunto era somente a Chape. A  vontade de ir para Curitiba para a final era gigante e a fé numa vitória que eternizaria a equipe entre os esquadrões imortais do nosso futebol era inabalável. Infelizmente, quis o destino que o time mais simpático do Brasil não tivesse a oportunidade de conquistar a América. Se a dor acompanha o futebol nesse momento. Fica a certeza que a Chape querida conquistou mais do que somente uma competição, conquistou verdadeiramente o coração de milhões de brasileiros que amam e vivem o esporte. Nunca será só um jogo! #ForçaChape” (Filipe Marques, RJ)

“O povo catarinense está em choque. Do Vale ao Oeste, do Sul à Serra. A vida de dezenas de atletas foi ceifada por uma obra macabra do destino. Estamos falando de uma equipe que, não faz muito tempo, não disputava nenhum campeonato nacional. Amanhã, faria história ao levar Santa Catarina pela primeira vez a uma final continental. Não deu. Mas não foi por falta de fibra, por falta de raça. Não se sabe, e na verdade nem se entende exatamente porque que foi. Mas foi. Tive a oportunidade de assistir esse time vencer o Brusque no Augusto Bauer, pelo placar de 2 a 0. Foi uma equipe respeitosa, jogou como gigante, venceu de maneira limpa. Estava na cara que o time seria campeão catarinense, tanto é que levantou a taça. Agora é hora de reerguer esse clube. Ele precisa voltar tão gigante quanto estava. Tão gigante quanto merece ser. Minhas condolências seguem também aos colegas de imprensa, alguns conhecidos, que também estavam no voo. Transmissores de emoções, abnegados para trazer aos apaixonados por futebol o melhor da partida. E que partiram. #ForçaChape” (Cristóvão Vieira, SC)

“Hoje o dia amanheceu mais triste. Com certeza, a maior tragédia do esporte mundial. É impossível aceitar que uma história tão incrível que estava sendo construída possa acabar dessa maneira, sem final feliz. O futebol e todo o mundo está de luto. Que Deus possa confortar todas as famílias desses guerreiros! Hoje não tem clubismo, não tem felicidade, não tem explicação. Muita força, Chape! Nós nunca esqueceremos sua história e desses atletas que derrubaram inúmeras dificuldades pra chegarem onde estavam!! #ForçaChape” (Daniel Ribeiro, GO)

“Tá todo mundo levando a vida ‘no automático’ hoje. É como se a gente tivesse ido dormir e, no meio do pesadelo, acordado dentro dele, preso à uma realidade chocante, dolorosa, quase insuportável. Porque eram apenas meninos, sabe?! Meninos cheios de vida, de planos, que viviam um sonho. Que mundo absurdo esse. Mas descansem, meninos. Por causa de vocês, a Chape, querida e mítica, agora é eterna.” (Marcelo David, RJ)

“Acordar tendo que digerir uma bomba como essa não é nada fácil. Esses guerreiros do xodózinho do Brasil foram para Colômbia em busca da realização de um sonho e partem dela como lendas! A ficha não caiu e tão cedo não vai cair. O mundo da bola está de luto. Toda a minha solidariedade e apoio às famílias das vítimas dessa tragédia e aos guerreiros que se foram, e aos que lutam pela vida! Hoje não tem clubismo que faça segurar as lágrimas, não tem como a dor pela tragédia ser escondida. Que os grandes do futebol brasileiro ajudem a Chape. Que você, caro leitor, também tente ajudar. É pelo Ananias, pelo Bruno Rangel, pelo Thiaguinho, pelo Josimar, pelo Thiego, pelo Mário Sérgio, é pelo Caio Junior, é por todos que se foram e pelos que ficaram. É hora de apoiar na reconstrução da Chape! #ForçaChape estamos contigo” (Jean Costa, RS)

“A morte não é a maior perda da vida. A maior perda da vida é o que morre dentro de nós enquanto vivemos.” Pablo Picasso

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*