Ipatinga: o sobe e desce do clube de Minas Gerais

Ipatinga Campeão Mineiro 2005 (Foto: Reprodução/Site: euamoipatinga.com.br)
Ipatinga Campeão Mineiro 2005 (Foto: Reprodução/Site: euamoipatinga.com.br)
Por: Lucas Almeida, SP

O Ipatinga, ou Tigre, como é conhecido, é um time de Minas Gerais que não é tão tradicional no cenário nacional do futebol. Porém, após sua fundação, em 1998, poucos anos depois a equipe já fazia boas apresentações pelo Brasil e jogos espetaculares contra grandes equipes. Conseguindo até um acesso inédito à Série A do Brasileiro em 2007.

Títulos e aparecendo para o Brasil

Em 2005, o Ipatinga conquistou o título estadual pela primeira vez derrotando o Cruzeiro na final, e a partir daí começou seus passos no cenário nacional. Em 2006 teve uma ótima participação na Copa do Brasil chegando nas semi-finais, derrotando equipes grandes como Santos e Botafogo, perdendo apenas para o Flamengo que viria a ser campeão da competição naquele ano. Além disso, conseguiu fechar  na terceira colocação e indo para série B. Além de quase ser bi-Campeão estadual, chegou novamente na final, mas desta vez acabou perdendo para o próprio Cruzeiro por 1 a 0. Na temporada seguinte, em 2007, conseguiu um acesso inédito para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro ficando na segunda posição da série B, apenas dois pontos atrás do líder Coritiba. Porém, como era a ser esperado, o Tigre não conseguiu se manter na elite e terminou na última colocação. Na Copa do Brasil teve uma outra boa participação, dessa vez chegou às quartas de finais da competição, sendo eliminado pelo Brasiliense, após eliminar Palmeiras e Sport.

Quedas, acessos, mudança de nome e sumiço

Após queda para a segunda divisão do Brasileirão, o Ipatinga começou a passar por uma fase péssima e foi ladeira abaixo. Depois do descenso, por muito pouco não caiu para a terceira divisão, terminando na 15ª colocação. Em 2010, a equipe até chegou na final do mineiro, mas foi derrotado pelo Atlético. Já no nacional, depois de uma campanha pífia, foi rebaixado para Série C. Vindo de um vice-campeonato no estadual, em 2011, veio outro rebaixamento e, deixando a desejar na competição, o Tigre foi disputar o módulo 2 do mineiro que equivale a segunda divisão. Em contra partida, na terceirona conseguiu uma boa campanha e retornou para a Série B nacional.

Em 2012, além de ter permanecido no módulo 2 do estadual, o Ipatinga também  não fez boa campanha na série B do brasileiro, e novamente viu mais um descenso para a série C. Durante o ano, a equipe passava por dificuldades financeiras e mudou de sede e nome, passando de Ipatinga para se chamar Betim e tendo  sede na cidade. Porém, a migração para a Betim não deu muito certo, não  atraiu público e principalmente o futebol da equipe foi de mal a pior. Então, em 2013, voltou a se chamar Ipatinga como era antes e depois de tudo isso consequentemente veio o rebaixamento para a quarta divisão nacional e teve a pior campanha do ano de 2014.

Este ano, depois de uma subida e queda rápida no futebol brasileiro, o Ipatinga foi rebaixado para a série C do estadual após terminar na última colocação. Ou seja, não disputará a quarta divisão nacional tão cedo. E agora, é apenas um time comum, normal e dificilmente voltará a ter anos gloriosos como teve dez anos atrás.

Fontes: GloboEsporte, Eu amo Ipatinga.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*