ITL 0x0 CAX – Empate em Lages garante o Inter-SC nas oitavas de final da Série D

Em jogo de muita marcação, Inter de Lages conseguiu conter o ímpeto do Caxias e sair com um empate que assegurou a classificação do time catarinense na Série D

Inter-SC fizeram jogo muito truncado em Lages. O time da casa ficou com a classificação (Foto: Nilton Wolff/O Goleador)

O Internacional de Lages empatou em 0 a 0 com o Caxias na manhã deste domingo (31), em Lages, e obteve a classificação para as oitavas de final do Brasileirão da Série D. Em jogo muito truncado, com poucas chances de gols para os dois times, o time catarinense soube administrar muito bem a vantagem obtida no primeiro jogo e sair de campo com a vaga para a próxima fase da competição.

A partida, marcada para as 11h deste domingo, sofreu um pequeno atraso para seu começo. Não havia ambulância no estádio, o que, de acordo com o regulamento do campeonato, impede o início da partida.

Com ambulância a postos, a bola rolou no estádio Vidal Ramos Júnior. E o time visitante, que precisava marcar pelo menos dois gols, tratou de tomar cedo as ações do jogo. Já aos dois minutos, Marlon recebeu do centroavante Jajá na entrada da área e bateu forte. O goleiro Neto Volpi fez uma tranquila defesa no centro do gol. Aos 10 minutos, o time da casa respondeu com Júlio César. O atacante do Inter-SC fez boa jogada e conseguiu um bom chute, obrigando o goleiro Marcelo Pitol a fazer grande defesa. Daí em diante, o jogo teve poucos lances de perigo. O Caxias tentava chegar com levantamentos na área e o Inter-SC respondia com o veterano Marcelinho Paraíba tentando em cobranças de falta.

Aos 30 minutos, o Caxias reclamou de um puxão do lateral Oliveira em Jajá, em que o árbitro não viu pênalti. No lance seguinte, o centroavante participou de boa trama do ataque grená e a jogada terminou com uma finalização perigosa de Ânderson Feijão. Neto Volpi fez grande defesa. O Caxias continuava no campo de ataque, mas os escanteios e levantamentos na área eram infrutíferos. Aos 40 minutos, Marcelinho Paraíba soltou uma bomba em cobrança de falta na meia direita e obrigou Pitol a fazer brilhante defesa. O primeiro tempo terminou com pressão grená, que continuou exigindo a defesa do Inter-SC em bolas paradas.

O segundo tempo começou de novo com Caxias tentando muito na bola aérea. A defesa do Inter-SC tirava todas de dentro da área. O jogo não apresentava lances de perigo de nenhum lado. Apenas aos 22 minutos veio a primeira chance na etapa complementar. Marlon cruzou para desvio de Jajá. Volpi defendeu. O técnico do Caxias, Beto Campos, jogou o seu time para o ataque. Mas o Caxias, mesmo muito ofensivo, não criava chances reais de gol. Do outro lado, o Inter-SC não conseguia levar grande perigo nos contra-ataques. Somente aos 37 minutos que o Inter quase liquidou o confronto. O atacante Gustavo quase marcou em cruzamento de Rafael Tufa. Ainda aos 39, Gustavo ficou cara a cara com Marcelo Pitol, que mandou para escanteio o arremate do centroavante catarinense.

Fim de jogo em Lages. O 0 a 0 classificou o Inter-SC, que venceu o primeiro jogo por 2 a 1 e agora encara o Ituano nas oitavas de final, ainda sem data definida. O Caxias volta as suas atenções para as copas da Federação Gaúcha que ocorrem no segundo semestre. O time grená ainda tem esperança de jogar a Série D novamente em 2017, embora sua presença seja incerta.

FICHA TÉCNICA

Inter-SC: Neto Volpi, Oliveira, Cristian, Petterson e James; Bruno (Felipe Merlo), Parrudo (Rafael Tufa), André Gava (Léo) e Marcelinho Paraíba; Júlio César e Gustavo. Técnico: Waguinho Dias

Caxias: Marcelo Pitol, Gian (Dagoberto), Geninho, Ícaro e Juliano Tatto; Ramon, Rudiero (Léo Mineiro), Anderson Feijão e Marlon; Jajá e Nicolas (Clebinho). Técnico: Beto Campos

Arbitragem: Emerson de Almeida Ferreira (MG), auxiliado por Breno Rodrigues (MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)

 

Texto: Samuel Mattioda (@samuelmattioda)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*