LON 1 x 0 BRA – Londrina bate Brasil de Pelotas e sobe na tabela

Londrina sobe duas posições e divide 9º lugar com Brasil de Pelotas, que também tem 19 pontos

Londrina e Brasil de Pelotas se enfrentaram nesta terça (28) (Foto: Marcos Zanotto)
Londrina e Brasil de Pelotas se enfrentaram nesta terça (28) (Foto: Marcos Zanotto)

Na noite desta terça-feira (28), Londrina e Brasil de Pelotas se enfrentaram no Estádio do Café, pela 13ª rodada da Série B do Brasileirão. O time paranaense pressionou e conseguiu subir na tabela. Mesmo parando diversas vezes na boa marcação xavante e no goleiro Eduardo Martini, o gol de cabeça centroavante Itamar, garantiu os importantes três pontos. Com o resultado, o Londrina vai para o 9º lugar, com 19 pontos, mesma posição e pontuação atual do Brasil de Pelotas após o jogo.

Logo no começo da partida, o Xavante surpreendeu e quase abriu o placar quando Marcos Paraná cruzou para Felipe Garcia, que viu seu desvio parar em grande defesa de Marcelo Rangel. Nos minutos seguintes, a bola passou a ser maltratada, com má pontaria de ambos os clubes. Aos 29 minutos, Brock quase marcou contra em um lance lamentável. Lembrou a famosa “rosca” do goleiro colorado Clemer, em 2008. Por sorte, a bola foi por cima do gol.

Jogando apenas nos contra-ataques, o rubro-negro ainda era superior ao Tubarão. De novo, o time quase marcou, com Marcos Paraná, que isolou na grande área. Em outra chance, Nem lançou Ramon em velocidade, e o lateral Igor Bosel (cria da base do E.C. Pelotas, maior rival do Brasil) efetuou o corte com precisão. O time da casa ainda chegou forte com Rafael Gava, mas Eduardo Martini pegou com segurança, levando o empate sem gols para o vestiário.

Na volta para o segundo tempo, a Falange Azul teve muito o que comemorar. Com apenas um minuto, o goleiro do Brasil trabalhou bem em boa cabeçada de Germano, seguido por rebote de Rafael Gava. Mas o golpe fatal veio pouco depois, aos três minutos. Léo Pelé fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Itamar, que cabeceou no canto direito. Martini até tentou evitar, mas o desvio do goleiro apenas empurrou a bola para as redes.

A torcida local até tomou um susto quando Felipe Garcia marcou para o Xavante, mas o juiz anulou por toque de mão.

A partir daí, o Brasil de Pelotas se desorganizou, enquanto o Londrina melhorava na partida. Felipe Garcia quase marcou para os pelotenses, mas o resto do jogo foi de Itamar. Dando bons passes, driblando e dominando o meio de campo, o centroavante deixou a zaga rubro-negra perdida. Mesmo sem finalizar, assustou os visitantes, que até tentaram no tradicional “chuveirinho” ao final da partida – sem sucesso. Vitória do Tubarão.

 

FICHA TÉCNICA
Londrina 1 x 0 Brasil de Pelotas

Local: Estádio do Café, Londrina
Data: 28 de Junho de 2016, terça-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB)
Assistentes: Leandro dos Santos Rubredo (MT) e Sérgio Alexandre da Silva (MS)
Cartões Amarelos: Netinho e Marcelo Rangel; Washington, Teco e Felipe Garcia

LONDRINA: Marcelo Rangel; Igor Bosel, Luizão, Matheus, Léo Pelé; Germano, Netinho (Igor Miranda), Rafael Gava; Paulinho Moccelin (Bidía), Itamar (Bruno Batata) e Jô
Técnico Cláudio Tencati

BRASIL DE PELOTAS: Eduardo Martini; Weldinho, Teco, Leandro Camilo, Brock; Nem, Washington (Elias), Clébson, Marcos Paraná (Nathan); Ramon (Nena) e Felipe Garcia.
Técnico Rogério Zimmermann

Texto: Bruno de La Rocha

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*