MAD 1×2 JMA – JMalucelli vence, consolida sua liderança e encaminha sua classificação

Com a vitória o JMalucelli só depende de si para se classificar em primeiro

JMalucelli dominou a partida diante do Madureira (Foto: Futrio)

Em momentos distintos no campeonato, Madureira e JMalucelli mediram forças no simpático Conselheiro Galvão, casa do Madura. Com a liderança ameaçada após dois resultados ruins ante ao Brusque, o Jotinha precisava vencer. Já o Madureira, perdeu na última rodada e precisa não só vencer essa, como a próxima para ainda sonhar com a classificação.

Debaixo de um forte sol, típico do Rio de Janeiro, as duas equipes propuseram o ataque, mas quem alcançou o primeiro gol foi o Jotinha, logo no começo da partida. Robinho aproveitou o vacilo da zaga e deu um belo passe para Jenison marcar, 1 a 0. O gol no começo e o forte sol atordoou um pouco o tricolor suburbano, que praticamente não atacava a equipe paranaense.

Ainda no primeiro, houve uma parada técnica para os jogadores se refrescarem e descansarem um pouco do sol que castigava os times e a pouca torcidade que compareceu ao Conselheiro Galvão. Na volta o Madureira ganhou um pouco de gás e quase marcou, mas Jordã perdeu um gol incrível chutando a bola por cima quando estava sozinho na grande área.

O primeiro tempo acabou com o placar de 1 a 0 para o Jotinha. E pior para o Madureira, sem muita chance de que o resultado iria mudar. Faltava qualidade técnica e o fato de ter que buscar o placar, mostrou o quão limitado é o elenco do Madura.

Para o segundo  tempo, o Madureira conseguiu trazer um pouco mais de equilíbrio, mas simplemente não criava quase nada. O castigo para a inoperência carioca veio aos 24 minutos, quando Cristóvam cruzou para a cabeça de Eltinho, 2 a 0 no placar.

A partir daí, o Madura foi pro desespero e no abafa tentava pressionar o JMalucelli, porém era em vão. A postura do Madureira fez o JMalucelli encolher e deixar todo o campo de jogo para o equipe do subúrbio carioca, que de tanto pressionar, conseguiu o seu gol. Ygor fez jogada pela direita e encontrou João Paulo – dois jogadores do banco – que deixou o seu, 2 a 1 aos 43 do segundo tempo.

Então o Madureira encurralou o JMalucelli, que dava sinais de cansaço, mas não se queria perder o placar que construiu. Aos 48 minutos Vilela foi expulso e aumentou o número de jogadores da equipe do Paraná que deixam o campo mais cedo – nesse caso nem tão cedo assim. Quando o árbitro apontou para o centro de campo, o Jotinha se aliviou e o Madura se entristeceu.

Com o resultado, o JMalucelli está praticamente classificado para a próxima fase. Dependendo do resultado de amanhã entre Brusque e Novo Hamburgo, até um empate dará o primeiro lugar para o Jotinha. Já o Madureira está virtualmente eliminado. Mas com uma combinação de resultados no seu grupo e nos outros, pode ainda sonhar em beliscar a classificação em segundo, mas é praticamente impossível. As equipes fecham suas participações na primeira fase no próximo domingo (17), às 18h. O Madureira vai até o Vale do Itajaí enfrentar o Brusque e o JMalucelli recebe o Novo Hamburgo no Ecoestádio.

 

FICHA TÉCNICA
MADUREIRA 1×2 JMALUCELLI
Local: Aniceto Moscoso (Conselheiro Galvão), no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 09 de julho de 2016, sábado
Horário: 11h, (de Brasília
Árbitro: Ronei Candido Alves (MG)
Assistentes: Carlos Eduardo do Rosário Depizzol (ES) e Valberson Braz Zanotte (ES)
Cartões amarelos: Paulinho e Ramon (MAD); Cristovam, Vilela Diego e Eltinho (JMA)
Cartão vermelho: Vilela (JMA)
Gols: Jenison (10′ 1T), Eltinho (25′ 2T) e Pedro Paulo (43′ 2T)

Madureira:
Jonathan; Ruan, Lucas Daubermann, Alex e Paulinho (Pedro Paulo); Rezende, Ramon, Pedro (Gabriel Galhardo) e Luciano; Abner (Ygor) e Jordã.
Técnico: Cleimar Rocha
 
JMalucelli:
Fabricio; Cristovam, Alex Fraga, Valdomiro e Diego; Wellington, Glaybson (Vilela), Carlos (Paulo Vitor), Robinho e Eltinho (Quirino); Jenison.
Técnico: Luciano Gusso.
Renda: R$ 2.060,00
Público: 220

Por: Diego Giandomenico

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*