MET 2-2 MFC – Empate complica Metropolitano e Maringá na busca da classificação na Série D

Em bom jogo, Catarinenses e Paranaenses empatam no estádio Willie Davids

Estádio Willie Davids recebeu Maringá x Metropolitano nesse domingo (3) (Foto:Divulgação/Twitter/cametropolitano)

Depois de se enfrentarem no último sábado em Blumenau, Metropolitano e Maringá voltaram a se enfrentar, desta vez no estádio Willie Davids em solo paranaense. O jogo foi válido pela quarta rodada do grupo A-17  do campeonato brasileiro da Série D. O jogo terminou empatado, complicando as duas equipes que buscam a classificação no grupo.

Aos 2 minutos de jogo após um lance muito confuso, Dí Maria aproveita o bate-rebate da zaga e chuta por cima do gol com muito perigo. O Maringá não demorou pra responder a investida do Verdão, Neilson invade a área e chute na rede pelo lado de fora.

Aos 7, após falha do zagueiro do metropolitano, Neilson novamente tem grande chance e a desperdiça com um chute para fora, no lance em seguida o Verdão reclama de falta, o arbitro não assinala iniciando o contra-ataque da zebra guerreira e Neilson dribla o goleiro Dida, com o gol aberto chuta e o zagueiro Ricardo Lima do metrô consegue salvar.

Após a pressão do Maringá, o zagueiro Ricardo Lima do Metrô, aos 12, marca o primeiro gol do embate, após cobrança de Léo Maringá, Dí Maria escora para o meio da área e o zagueiro coloca a bola no fundo do barbante de carrinho.

Aos 26, o meia do Maringá Andrézinho chuta cruzado exigindo o goleiro Dida do Verdão, o arqueiro caiu bem no canto esquerdo para fazer uma boa defesa. Aos 36, Bruno Santos lateral verde chuta com muito perigo e o goleiro do Maringá executa grande defesa jogando a bola para linha de fundo.

No ultimo ato do primeiro tempo, em um cabeceio muito perigoso de Lucas Silva, o lateral do Metropolitano Juninho salva o gol em cima da linha, a pressão do Maringá não surte efeito com o número elevado de chances perdidas.

No segundo tempo a primeira tentativa de gol foi do Maringá, Rone Dias de frente com a grande área finaliza e a bola caprichosamente raspa o poste superior do goleiro Dida, a pressão do time da casa continuou, o ponteiro marcava 17 minutos o lateral Rhuan aproveitou o corte mal executado da zaga e chutou fraco nas mãos do goleiro.

No lance seguinte o Maringá consegue o empate com Vinicius em uma falha incrível da defesa do Verdão, o goleiro Dida espalma e em impedimento o atacante do Maringá joga para o fundo da rede. O Metrô não deixou barato e aos 25, na sua primeira tentativa no segundo tempo marca o segundo gol do crocodilo do vale, o Lateral Juninho lança Radsley, que sai sozinho a frente do goleiro e finaliza para a alegria verde.

O atacante Vinicius foi um grande problema para o metrô, com uma cabeçada aos 36, quase pôs a igualdade no placar com uma boa cabeçada, fazendo o goleiro Dida trabalhar novamente. O Maringá não se rendeu e aos 45 consegue o empate com gol de Rone Dias finalizando forte no canto do goleiro.

Com o empate as duas equipes se complicam em busca da classificação, ambas estão empatadas com 4 pontos, o Verdão vai para Itu, no próximo dia 9, e jogará contra o Ituano e o Maringá irá para Caxias do Sul enfrentar o Caxias.

 

FICHA TÉCNICA
Maringá x Metropolitano

Local: Willie Davids, em Maringá (PR)
Data:
03 de julho de 2016, Domingo
Horário:
11h (de Brasília)
Árbitro: Dyorgines José Pandovani de Andrade (ES)
Assistentes: Luiz Souza Santos Renesto (PR) e Vitor Hugo dos Santos (PR)
Gols: Radsley e Ricardo Lima (Metropolitano) , Vinicius e Rone Dias (Maringá)

Maringá: Jerfesson; Lucas Silva, Wesley e David; Rhuan (Makanaki), Tita, Russo, Andrézinho e Flavinho (Rone Dias); Vinícius e Neilson
Técnico: Índio

Metropolitano: Dida; Bruno Santos, Maurício, Ricardo Lima e Juninho; Elber, Luis Felipe (Gustavo Jensen), Léo Maringá (Rodrigo Mucuri) e Beto; Radsley (Roger) e Di María
Técnico: Cesar Paulista

Público total: 331 pessoas
Renda: R$ 2.830,00

Texto: Lucas Bastos Gabriel (@sir_bastos)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*