OES 1×0 SAM – Sampaio Corrêa é derrotado pelo Oeste na Arena Barueri e permanece na zona de rebaixamento

Tubarão continua na lanterna sem vencer há quatro jogos e às portas da Série C, com apenas seis pontos ganhos

Partida entre Sampaio Corrêa e Oeste (Foto: Divulgação)

Em partida válida pela 12° rodada do Brasileirão Série B, o Sampaio Corrêa foi derrotado pelo Oeste neste sábado (25) por 1 a 0, e permaneceu na zona de rebaixamento com apenas 6 pontos marcados na temporada.

O início da partida escancarou o porquê das duas equipes não estarem na parte de cima da tabela: foi uma partida fraca tecnicamente, em que teve uma primeira parte marcada pela falta de vontade de ambas as equipes. Contudo, o estilo de jogo de ambas as equipes ficava claro. O Oeste ditava o ritmo do jogo, mesmo que fraco, e o Sampaio apostava nos contragolpes. A maior posse de bola era do rubro negro, mas as principais chances do primeiro tempo foram do tricolor maranhense, mas só aos 21 minutos, Jean Carlos esboça uma pressão tricolor com uma finalização que parou nas mãos do goleiro paulista. O Oeste prosseguia com a posse de bola, mas não conseguia fazer o goleiro Rodrigo Ramos trabalhar mesmo com um ritmo fraco, aos 30. Para dizer que o jogo na primeira parte não foi muito animado, já nos acréscimos, Lucas Sotero cobrou um escanteio e escorrega. A bola nem ao menos chegou a entrar em campo e o árbitro achou por bem ir para o intervalo.

Jogadores do Oeste comemorando o gol (Foto: Divulgação)
Jogadores do Oeste comemorando o gol (Foto: Divulgação)

O que faltou de vontade no início da primeira parte, veio com tudo com tudo na segunda etapa com os clubes entrando com força total. Aos 4 minutos, os maranhenses puxaram um contra-ataque rápido com Sotero para Elias, que finalizou e parou em uma grande defesa de Felipes Alves. Tal lance não fez o Rubrão diminuir o ritmo. Dois minutos depois, Matheus Vargas respondeu a jogada e obrigou Ramos a fazer outra grande defesa. Um dos lances que certamnete mudaria a história do jogo foi o primeiro cartão amarelo para Diego Lorenzi, aos 11 minutos. Para este segundo tempo, Rodrigo Ramos foi o grande algoz do Oeste com defesas importantes. Com isso, a Bolívia Querida se fechou e, nitidamente, jogou por uma bola. O brilho do goleiro maranhese não acabou e continuou fazendo belas defesas, principalmente no chute de Ricardo Bueno. Aos 41, provavelmente o lance que mudaria o jogo: Diego Lorenzi foi expulso por falta dura em Matheus e, um minuto depois, Marcus Vinicius recebeu bola pela direita e tocou por cima na saída de Rodrigo Ramos, decretando, assim, o resultado final da partida.

Com a vitória, Oeste conseguiu subir duas posições e fechou a rodada na 12° colocação, com 16 pontos conquistados. Já o Tubarão, continua na lanterna sem vencer há quatro jogos e às portas da Série C, com apenas seis pontos ganhos. As duas equipes voltam a jogar na terça-feira (28). O Oeste joga contra o Bahia, na Fonte Nova, às 19h15. O time maranhense, por sua vez, recebe o Tupi-MG, no Castelão.

 

Texto: Pedro Weverton

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*