Os confrontos dos brasileiros na Sul-Americana: Corinthians x Universidad de Chile

Entre os brasileiros, Corinthians pegou o adversário mais tradicional

Corinthians pegou um dos adversários mais tradicionais da competição logo na primeira fase (Foto: FPF/Divulgação)
Por: José Victor (RJ)
A CL também analisou os outros jogos de hoje: Fluminense, Ponte São Paulo. Confira!

De todos os confrontos dos times brasileiros na Copa Sulamericana, o Corinthians é o time que pegou o adversário mais tradicional. A equipe chilena vencedora da edição de 2011, já não tem a mesma qualidade daquele time comandado por Jorge Sampaoli, atual técnico do Sevilla.  Jogadores como Vargas, Aranguiz, e Canales, já rodaram por diversas outras e equipes e a La U jamais voltou a repetir tamanho sucesso desde o seu maior desmanche. Remanescentes do último título da La U em 2011, apenas Johnny Herrera, Matias Rodriguez e Gustavo Lorenzetti fazem parte do elenco atual que busca o bicampeonato da competição.

Se o Corinthians lamenta o fato de não ter tido mais sorte e enfrentar um adversário mais fraco, para a La U o sorteio foi uma tragédia. A nota no site oficial do clube chileno lamenta o fato de te pego uma das principais equipes da competição e faz questão de frisar que o Corinthians é um dos principais times da América do Sul. O diretor do clube chileno, Ronald Fuentes, ao fazer uma declaração sobre o confronto logo após o sorteio, não deixou de enaltecer o Timão: “Será uma grande partida. Corinthians é um grande do Brasil e a la U um grande do Chile. Para melhorar devemos enfrentar os melhores”, concluiu.

O novo técnico da LA U, Guilherme Hoyos chegou depois de uma passagem sem muito sucesso pela seleção boliviana. A Universidad de Chile busca trilhar o caminho de sucesso novamente no continente e para isso se reforçou com nomes experientes como do veterano David Pizarro de 37 anos – ex Roma- ITA – que foi figura freqüente nas convocações da seleção chilena durante a maior parte de sua carreira.

Os destaques da equipe chilena ficam por conta do goleiro Johnny Herrera, um dos reservas de Claudio Bravo na seleção e que não foi bem pelo Timão em 2005, o meio campista Lorenzo Reyes que teve passagens frustradas por Bétis e Almería da Espanha mas tem um histórico positivo atuando em seu país, e o polivalente Gonzalo, figura freqüente na seleção chilena, também merecem uma atenção especial de Fábio Carille. A revelação da equipe chilena fica por conta do atacante Felipe Mora de 23 anos, que já vem recebendo diversas sondagens para deixar a La U na próxima janela de transferências.

Felipe Mora, um dos principais destaques da Universidad de Chile na atual temporada (Foto: publimetro.cl)
Felipe Mora é um dos principais destaques da Universidad de Chile na atual temporada (Foto: publimetro.cl)

A última derrota da equipe chilena aconteceu para o Huachipato no dia 17 de fevereiro, de lá pra cá são 5 jogos de invencibilidade no campeonato Chileno, com 3 vitórias e 2 empates, incluindo o tropeço no último sábado quando ficou no 0x0 com a Universidad Concepcíón.

Timão com moral no Chile. (Foto: reprodução internet)
Timão com moral no Chile (Foto: reprodução internet)

Já o Corinthians tenta a sua afirmação na temporada e principalmente convencer o torcedor que pode jogar um futebol mais envolvente. Mesmo com os resultados aparecendo, os torcedores ainda esperam melhora significativa no futebol a ser apresentado por Jadson, que ainda está se readaptando ao futebol brasileiro após passagem pelo Tianjin Quanjian da China. A Fiel ainda contará com o retorno de Rodriguinho após a lesão no joelho que o deixou de fora do duelo contra o Botafogo de Ribeirão Preto.

As baixas na equipe de Carille ficam por conta de Fagner, que vai cumprir suspensão por expulsão no empate em 2×2 contra o Nacional – URU por duelo válido pela Libertadores do ano passado, o provável substituto é o jovem Léo Príncipe. Kazim com dores no joelho também é desfalque e não ficará no banco de reservas, Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel ainda estão aperfeiçoando a parte física também devem ficar de fora.

A provável escalação do Corinthians de Fábio Carille será o já tradicional 4-2-3-1 com: Cássio, Léo Príncipe, Balbuena (Léo Santos), Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Rodriguinho; Jadson, Maycon e Romero; Jô.

A Univesidad de Chile do técnico Guilherme Hoyos deverá ser escalada com um time formado por: Herrera, Matias Rodriguez, Vilches, Jara; Lorenzetti, Reyes, Espinoza e Beausejour; Rozas, Ubilla e Mora.

Fontes: udechile.clfutebolatino.lance.com.brlatercera.commeutimao.com.br

3 Trackbacks & Pingbacks

  1. Os confrontos dos brasileiros na Sul-Americana: Ponte Preta x Gimnasia y Esgrima-ARG - Cenas Lamentáveis
  2. Os confrontos dos brasileiros na Sul-Americana: Fluminense x Liverpool-URU - Cenas Lamentáveis
  3. Os confrontos dos brasileiros na Sul-Americana: São Paulo x Defensa y Justicia - Cenas Lamentáveis

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*