REM 1×1 ABC – Remo empata com ABC e segue sem vencer em casa

Remo subiu para a terceira posição, mas aguarda resultados da rodada para saber se ainda permanece no G4

(Foto: Reprodução/ Diário Oline)

Disposto a finalmente conseguir 3 pontos dentro de casa, o Clube do Remo enfrentou o ABC, neste sábado (25), em uma partida válida pela 6ª rodada da Série C. Para um jogo que começou com redes balançando cedo, o placar de 1 a 1 pareceu magro e não foi satisfatório para nenhuma das duas equipes que buscam estabilidade no G4 do grupo A.

O início da partida pareceu mais favorável aos potiguares, que conseguiram fazer o gol aos 5 minutos do primeiro tempo com uma bela cabeçada de Carioca, que mostrou a fragilidade da defesa azulina. A sensação era de que o ABC não teria dificuldades em ampliar a vantagem no decorrer do jogo.

A reação dos donos da casa só veio aos 22, após Eduardo Ramos levantar a bola na área e Edno desviar pro fundo do gol, igualando o placar no Mangueirão. O empate deixou o jogo mais nos pés do Remo, que passou a oferecer mais perigo ao adversário.

Mesmo com todo esforço do time azulino, a zaga do ABC e o goleiro Vaná impediram que o placar mudasse em favor dos donos da casa. O técnico da equipe paraense, Marcelo Veiga, tentou dar mais dinâmica ao ataque colocando Patrick no Lugar de Michel Schmoler, mas sem resultados.

Com o empate, o Remo subiu para a terceira posição, com 9 pontos, mas aguarda os demais resultados da rodada para saber se ainda permanece no G4. O ABC permaneceu na sexta colocação, com 8 pontos.

 

(Foto: Reprodução/Diário Online)

 

FICHA TÉCNICA:
REMO 1×1 ABC

Local: Estádio Mangueirão, em Belém (PA)
Data: 25 de junho de 2016, sábado
Horário: 18h (de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silvia Machado (SC)
Assistentes: Carlos André Pereira Sousa (MA) e Dimmi Yuri das Chagas Cardoso (PA)

REMO: Fernando Henrique; Levy, Brinner, Max e;Fabiano; Michel Schmoller, Yuri, Allan Dias e Eduardo Ramos; Edno e Wellington Saci.
Técnico: Marcelo Veiga

ABC: Vaná; Filipi Sousa, Léo Fortunato, Gustavo Bastos e Anderson Pedra; Alex Ruan, Erivélton e Felipe Guedes; Caio Mancha, Chiclete e Jones Carioca.
Técnico: Geninho

 

Texto: Roberto Segundo

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*