SAM 0 x 0 BAH – Empate mantém a má fase de Sampaio e Bahia

Sampaio está em crise e precisa reagir no campeonato para tentar se manter na série B

Sampaio e Bahia se enfrentaram nesta sexta ( Foto: Bahia EC/Divulgação)
Sampaio e Bahia se enfrentaram nesta sexta ( Foto: Bahia EC/Divulgação)

O estádio do Castelão em São Luís do Maranhão recebeu o jogo pela 16ª rodada da série B entre Sampaio Corrêa e Bahia. O time da casa está em situação dramática no campeonato, segurando a lanterna com 10 pontos, e também tem o pior ataque e a pior defesa. O Bahia tenta sua aproximação do G-4, depois de duas derrotas e um empate, e está atualmente na 11ª posição com 20 pontos. Com o empate em jogo pouco movimentado, os dois times se mantêm em uma má fase.

bahiasamp
Jogadores do Bahia minutos antes da partida ( Foto: Bahia EC/Divulgação)

O primeiro lance relevante da partida aconteceu aos nove minutos, quando Léo Gago tentou chute de muito longe para a defesa de Jean. Aos 20 minutos, o Bahia fez seu primeiro lance contundente. Hernane tramou jogada com Luisinho, que devolveu um cruzamento para o Brocador cabecear. Ele testou a bola com força, e ela passou perto da trave da direita com perigo. O Sampaio Corrêa a partir deste lance recuou sua marcação. O objetivo era tentar contragolpes, apostando na velocidade do atacante Pimentinha, que não fez boa partida.  Aos 32 minutos, Pimentinha fez arrancada em contra-ataque e lançou a bola para Elias, que tentou uma bicicleta. Apesar do belo lance, o goleiro Jean não teve problemas para defender a finalização. Aos 38 minutos, Léo Gago cometeu falta em Cajá na entrada da área. Rodrigo Ramos foi para a batida, soltou uma bomba e a bola passou rente à trave esquerda.

O segundo tempo não trouxe grande alterações no jogo. As equipes estavam criando chances pouco agudas de gol, e não conseguiam encaixar assistências boas e finalizações consistentes. Aos 12 minutos, Luisinho tentou boa jogada para Hernane, mas o zagueiro Luís Otávio chegou e fez bom corte para ajudar a defesa.

O lance mais importante  da partida veio aos 14 da etapa complementar. Edgar fez arrancada do meio para esquerda e foi ate a linha de fundo. Tinga tenta desarmar o atacante, e o juiz marca pênalti no desarme do lateral tricolor. O atacante Elias pegou a bola e cobrou na trave direita com muita força. A zaga cortou o rebote. A torcida vaiou muito o lance e se mostrou insatisfeita com a apresentação do time.

O Sampaio, após o pênalti, conseguiu igualar a posse de bola, mas o meio campo pouco inspirado não conseguia concretizar as chances. Aos 38 minutos, o jogador do Bahia Juninho bateu falta com perigo, mas o goleiro Rodrigo Ramos, bem posicionado, fez defesa segura. O último lance relevante da partida foi aos 39 minutos: Zé Roberto desviou bola levantada na área e obrigou o arqueiro maranhense a fazer outra boa defesa.

O resultado não foi útil para nenhuma das equipes. O Sampaio está em crise e precisa reagir no campeonato para tentar se manter na série B. O time precisa melhorar ofensivamente e defensivamente para superar a fase. O Bahia vive situação aquém da sua realidade. O tricolor era cotado como candidato à série A, mas após a rodada de hoje fica na 10ª posição, com 21 pontos.

FICHA TÉCNICA

Sampaio Corrêa 0 x 0 Bahia

Local: Estádio do Castelão

Sampaio Corrêa: Rodrigo Ramos, Éder Sciola, Luís Otávio, Wagner, Renan Luís, Diego Lorenzi, Felipe Baiano, Léo Gago (Edgar), Lucas Sotero (Rayllan), Elias (Carlos Alberto), Pimentinha. Técnico: Wagner Lopes

Bahia: Jean, Tinga, Jackson, Lucas Fonseca (Éder), João Paulo, Feijão, Juninho, Renato Cajá, Luisinho (Zé Roberto), Edigar Junior (Régis), Hernane. Técnico: Guto Ferreira

 

Texto: Lucas Poeiras

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*