SÃO 0 X 0 SPO – Em noite sem inspiração, São Paulo e Sport não saem do zero no Morumbi

Paulistas dominam as ações durante toda a partida, mas não conseguem os três pontos

Sport consegue empate histórico no Morumbi (Foto: Ruben Chiri/saopaulofc.net)

Pouco mais de 11 mil torcedores acompanharam o empate sem gols entre São Paulo e Sport na noite desta quinta-feira (23), no Morumbi. Em uma noite típica noite fria paulistana, as equipes apresentaram pouca criatividade em uma partida de ataque contra defesa. Os mandantes precisavam de uma vitória para terminar a rodada dentro do G4, e o visitantes para terminar fora do Z4. Nem um, nem outro.

Tirando a ausência do atacante Calleri, suspenso, a equipe comandada por Edgar ‘Patón’ Bauza foi com força total para o jogo. Já o Sport Recife, coube a tarefa de segurar o ímpeto tricolor com uma equipe recuada e liderada por Diego Souza, que ligava a defesa ao ataque. Um empate fora de casa era um prato cheio para os visitantes, que figuram na zona de rebaixamento.

O primeiro tempo não proporcionou muitos lances de perigo. Por parte da equipe mandante, Ganso quebrou a linha defensiva pernambucana com um passe em profundidade que deixou Michel Bastos na cara do gol, porém, Magrão impediu o gol do ponta-esquerda. Diego Souza em uma cobrança de falta forte e rasteira que parou nos braços de Dênis foi o responsável pelo lance mais perigoso do Sport na primeira etapa.

Traduzindo a apatia de ambas as equipes em números, o Sport obteve apenas 31% da posse de bola no primeiro tempo. Por parte dos paulistas, de seus 69% de domínio da bola, 25% foram de Maicon, Rodrigo Caio e Matheus Reis, somados. A falta de criatividade são-paulina ficou explícita nos 264 passes sem objetivos trocados na defesa e no centro do gramado.

Assim como nos primeiros 45 minutos, o São Paulo permaneceu buscando as extremidades do campo para superar a defesa de Oswaldo de Oliveira. O processo criativo da equipe tricolor permaneceu e pôde ser percebido nos números: 33 cruzamentos e 40 lançamentos. Bastou aos pernambucanos rebater as impotentes tentativas tricolores.

Patón percebeu a apatia de sua equipe, que finalizou pela primeira vez aos 16 minutos do primeiro tempo, e tentou mudar as opções – sendo uma delas forçada, já que Centurión entrou no lugar de Kelvin, lesionado – com Kardec entrando no lugar de Ytalo e o jovem Luiz Araújo ocupando a vaga de João Schmidt. Nada mudou. O São Paulo permaneceu buscando cruzamentos aleatórios e chutes de longa distância que não ofereciam perigo ao goleiro Magrão.

Para o Sport, um empate com sabor de vitória após a equipe da Ilha do Retiro ter acabado com o tabu de 17 jogos de Brasileirões seguidos sem conquistar um ponto no Morumbi. O Leão fecha a rodada com dez pontos ainda dentro da zona da degola. O tricolor paulista perde mais uma chance de entrar no G4 e fica com 15 pontos e na sétima colocação.

 

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 0 X 0 SPORT

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 23 de junho de 2016, quinta-feira
Horário: 21h00 (de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Rafael Trombeta (PR) e Pedro Martinelli Chistino (PR)
Cartões Amarelos: Edmílson e Samuel Xavier (Sport)

São Paulo: Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Matheus Reis; Thiago Mendes, João Schmidt (Luiz Araújo), Ganso e Michel Bastos; Kelvin (Centurión) e Ytalo (Alan Kardec).
Técnico: Edgardo Bauza

Sport: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Rodney Wallace; Serginho (Rodrigo Mancha), Rithely, Gabriel Xavier, Everton Felipe (Luiz Antonio) e Diego Souza; Edmílson (Lenis).
Técnico: Oswaldo de Oliveira

Público: 11.145
Renda: R$ 321.698,00

 

Texto: Mathews Moura

1 Comentário em SÃO 0 X 0 SPO – Em noite sem inspiração, São Paulo e Sport não saem do zero no Morumbi

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*