Sávio, o Anjo Loiro: Onde está o craque?

Sávio, sucesso dentro e fora de campo

O Anjo loiro do Gávea, ex jogador, hoje empresário (Foto: blog433)

Amigo torcedor, amigo leitor. Hoje o “Onde está o Craque?” vai falar sobre Sávio Bortolini Pimentel, mais conhecido como Sávio, o Anjo Loiro. Nascido em Vilha Velha, no Espírito Santo, no dia 9 de janeiro de 1974, é cria da Desportiva Ferroviária-ES. Ainda jovem, o atacante foi levado ao Rio de Janeiro para acertar com o Flamengo, clube no qual iniciou sua carreira profissional. No time carioca, Sávio era chamado de futuro Zico, tanto pelo talento quanto pelo porte magro.

No Brasil, o Anjo Loiro fez parte do “ataque dos sonhos” ao lado de Romário e Edmundo. Contudo, o trio acabou sendo umas das maiores decepções da história rubro-negra e Sávio, por ciúmes do Baixinho, acabou negociado com o Real Madrid.

saviodia saviobortolinicombr
Sávio comemora um de seus gols, ao fundo, Romário (Foto: Reprodução/saviobortolini.com.br)

Na Europa, passou por França e até pelo Chipre, mas Sávio viveu seu grande momento no Real, conquistando três Ligas dos Campeões da Europa, onde mesmo não sendo titular era sempre considerado uma ótima opção. Em 2003, acabou se transferindo para o Zaragoza e nunca mais retomou seu bom futebol. Em 2006, acabou voltando ao Flamengo sem sucesso e, em 2010, encerrou sua carreira no Avaí-SC. Sávio atuou ainda pela Seleção Brasileira em 26 oportunidades e fez 6 gols, vivendo seu grande momento na Seleção Olímpica de 1996, deixando Ronaldo no banco.

Em entrevista ao site UOL, o jogador abriu o jogo sobre o ataque dos sonhos. “Tudo era muito difícil. As principais peças do time [Romário e Edmundo] não entendiam que a instituição Flamengo estava acima dos interesses pessoais. Era muita vaidade, muita individualidade. O ego atrapalhou o que o time tinha de melhor. Isso sem falar nos treinos que sempre atrasavam, nas confusões na Gávea. Era complicado”. E ainda lembrou dos grandes nomes com quem atuou. “Não posso reclamar de nada. Joguei com muita gente boa por aí. Tive ao meu lado o Roberto Carlos, Raul, Redondo, Seedorf, Figo, Zidane e o Casillas no início da carreira.”

Sem título
O Anjo Loiro, jogador que conquistou três Champions pelo Real (Foto: Reprodução/saviobortolini.com.br)

Depois de se aposentar dos gramados em 2010, Sávio garante não sentir saudades do futebol e diz correr de um jogo, participando às vezes da pelada da família e só quando insistem, tendo mudado seu dotes esportivos para o tênis e o taekwondo. Na vida profissional, se tornou empresário e trabalha na área de investimento imobiliário e gestão financeira, além de ajudar na gestão de carreira de jovens atletas e comentar alguns jogos na RBS, da TV Globo, em Santa Catarina.

espnuol
Em visita ao Real Madrid, o ex jogador e agora homem de negócios (Foto: Reprodução/ESPN)

Sávio, o Anjo Loiro, ídolo de Flamengo e Real Madrid, tricampeão da Champions e um dos grandes exemplos que pouca estatura e humildade não fazem mal a ninguém.

 

Texto: Daniel Bravo

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*