“Só Futebol”. Eles disseram…

Crianças e o futebol
Crianças e o futebol
Crianças e o futebol
Crianças e o futebol

Na historia da vida, a maior bobagem do mundo é dizer “Só Futebol”. É pedir para ser vaiado na certa. Só futebol é jogo entre “Time empresa”, em partida contra a maquina no videogame. Se envolver duas pessoas no 1×1 na rua, com chinelo de trave, aí já é clássico e vice-versa, como diria o poeta. O futebol, aliás, é a mais bela forma de disputa do mundo.

Vai por mim, futebol é a maior invenção da história. Triste de quem diz “só futebol”, de quem nunca foi ao estádio com os pais, familiares ou amigos, de quem nunca sentiu a emoção de comemorar um gol.

O gol é a mais rápida forma de ser fazer amigos. O gol transforma, em segundos, o desconhecido ao seu lado no melhor amigo de todos os tempos. Atrevo-me a dizer que times que terminam o jogo no 0x0 não deveriam se quer pontuar, por mim que fique decretado: Em qualquer partida sem gols, seja na rua de baixo ou no Maracanã lotado, deverá conter disputa de pênaltis após o tempo regulamentar.

Não existe essa de “só futebol” como na frase do jornalista acéfalo que desconhece a paixão. No futebol, no gol, eu aprendi o verdadeiro significado de amizade sincera. No estádio, ainda criança com meu pai, eu aprendi a amar.

Texto: Daniel Bravo.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*