Tragédias fora das quatro linhas

NUNCA SERÃO ESQUECIDOS

(Foto: divulgação/chapecoense.com)1
Por: Samira Quintão, MG

O futebol é um esporte mundialmente conhecido e que é sinônimo de festa, felicidade e principalmente de alegria, mas assim como no dia-a-dia, no futebol também é necessário lidar com as tragédias.

Listamos algumas tragédias relacionadas a esse esporte que abalaram o mundo:

5- Manchester United, Inglaterra

Depois de uma partida contra o time Estrela Vermelha, no dia 6 de fevereiro de 1958, o avião que levava a equipe inglesa tentava decolar pela terceira vez após uma parada para reabastecer, em Munique quando uma das asas bateu em uma casa e, logo em seguida, acertou uma construção. O acidente provocou um incêndio que causou a morte de 23 pessoas, entre eles oito jogadores do time. Sete pessoas sobreviveram, inclusive Bobby Charlton, um dos maiores jogadores da história da Inglaterra.

(Foto: Divulgação/Manchester United)

4 – The Strongest, Bolívia

Em 26 de setembro de 1969, o time boliviano voltava de uma competição amistosa. Após cerca de uma hora de voo, a torre de controle perdeu o sinal do avião que saía de Santa Cruz de La Sierra com destino à La Paz. A aeronave caiu em uma região montanhosa conhecida como La Cancha. O acidente foi confirmado apenas no dia seguinte e as buscas foram encerradas no dia 29. Morreram os cinco tripulantes e os 69 passageiros. Entre eles estavam 17 jogadores do The Strongest.

(Foto: Reprodução/Internet)

3 – Emiliano Sala

O jogador argentino de 28 anos que até então pertencia ao time Nantes, foi anunciado no mês de janeiro como a contratação mais cara da história do Cardiff City. No dia 21 de janeiro, Sala embarcou para assinar com o time galês, porém não chegou ao destino. A bordo estava apenas o atacante e o piloto. O avião em que viajava desapareceu enquanto sobrevoava o Canal da Mancha. Em um áudio enviado pelo próprio jogador, durante o voo, ele informava que a aeronave estava caindo aos pedaços. O corpo de Emiliano foi encontrado no dia 3 de fevereiro, o corpo do piloto não foi encontrado.

(Foto: Reprodução/Twitter Emiliano Sala)

2 – Ninho do Urubu, Brasil

Na madrugada do dia 8 de fevereiro, um incêndio tomou conta do alojamento do Centro de Treinamento do Flamengo. O fogo teve inicio no ar-condicionado de um dos quartos e se espalhou. O Corpo de Bombeiros chegou ao local e apagou as chamas em menos de uma hora, mas já era tarde demais. O incêndio deixou 10 mortos e três feridos com idade entre 14 e 16 anos.

(Foto: Montagem/Uol Esporte)

1 – Chapecoense, Brasil

A maior tragédia envolvendo um  clube no Brasil aconteceu na madrugada do dia 29 de novembro de 2016. O voo saiu do território brasileiro com destino a Colômbia, onde o time da Chapecoense enfrentaria o Atlético Nacional. Seria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana. Um dos motivos da queda do avião foi a falta de combustível, já que não foi feita parada para reabastecimento. A aeronave caiu em local próximo ao aeroporto, em um monte chamado Cerro El Gordo, de difícil acesso. A tragédia deixou 71 mortos. Entre os mortos: tripulantes, convidados, comissão técnica e dirigentes do clube, jornalistas e 19 jogadores. Seis pessoas sobreviveram, inclusive três jogadores da equipe, Alan Ruschel, Jakson Follmann e Neto.

(Foto: Chapecoense/Divulgação)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*