VAS 2×0 GEB – Vasco vence Brasil de Pelotas e se isola na liderança

Equipe carioca se recupera na tabela após revés na última partida diante do adversário que segue sem vencer fora de casa na série b

(Foto: Divulgação/Paulo Fernandes/Vasco)

O Vasco encarou o Brasil de Pelotas pela décima quinta rodada da Série B e venceu por 2 a 0. Precisando se recuperar após derrota para o Avaí na rodada passada, Gigante da Colina saiu em cima do Xavante logo nos primeiros minutos e, aos nove minutos do primeira etapa, abriu o placar com o artilheiro do campeonato, Nenê.

Com o gol, o Vasco se acomodou no jogo e o rubro-negro gaúcho criou chances para empatar, a primeira em um contra-ataque puxado por Ramon, que resultou em uma bela defesa de Jordi. A segunda, em uma bela finalização de fora da área, do meia Diogo Oliveira, que tentou surpreender o goleiro vascaíno. A terceira, mais uma vez com o atacante Xavante, que aproveitou sobra após erro de Luan e tentou domínio na pequena área, sem goleiro.

O zagueiro do Vasco se recuperou no lance e afastou o perigo. Ramon seguia buscando por um gol e aos 47 minutos, em mais um contra-ataque gaúcho, o atacante ficou cara a cara com Jordi, obrigando o goleiro a fazer uma defesa espetacular. O Vasco saía para o intervalo com a vantagem, mas com a atuação longe de convencer. Diferente do Brasil, que perdeu duas chances claríssimas e poderia ter saído ao menos com um empate para o intervalo.

Foto: Paulo Fernandes/Vasco
(Foto: Divulgação/Paulo Fernandes/Vasco)

As equipes voltaram para o segundo tempo sem alterações e com o rubro negro gaúcho pressionando o Time da Virada logo nos minutos iniciais na base da bola área, mas o maestro vascaíno Nenê seguia ditando o ritmo de jogo e foi ele quem iniciou o lance mais polêmico de todo o jogo. Após cruzamento do craque da colina, a bola bateu na mão direita de um defensor do Xavante. O árbitro Alisson Sidnei Furtado marcou a penalidade, mas voltou atrás e desistiu da decisão. Minutos após a polêmica, o camisa 10 levantou bola na área para o zagueiro Luan, convocado para as olimpíadas, bater de primeira e marcar um golaço no São Januário para fechar o placar.

Com o resultado, o Brasil fica com 22 pontos e se mantém na sétima colação na tabela. Enquanto o Vasco vai a 31 pontos seguindo na primeira colocação e abrindo vantagem de dois pontos para o vice-líder Atlético Goianiense. As duas equipes voltam a campo no sábado, dia 16. O Xavante enfrenta o Vila Nova no Bento Freitas, às 16h. Já o alvinegro carioca, viaja para o Mato Grosso para encarar o Luverdense no Passo das Emas, às 18h30.

A equipe carioca perde quatro jogadores para a próxima rodada da Série B, sendo um deles o craque da equipe e artilheiro do campeonato, Nenê. Madson, Andrezinho e Rodrigo também não viajam para o Mato Grosso na próxima rodada e jogo fica entre as duas partidas da terceira fase da Copa do Brasil diante do Santa Cruz.

 

FICHA TÉCNICA
VASCO DA GAMA 2×0 BRASIL DE PELOTAS

Local: Estádio São Januário, em Rio de Janeiro
Data: 09 de julho de 2016, sábado
Hora: 18h30 (de Brasília)
Árbitro:  Alisson Sidnei Furtado
Assistentes: Fabio Pereira e Natal da Silva Ramos Júnior

VASCO DA GAMA: Jordi; Madson, Rodrigo, Luan e Julio Cesar; Mattos, Henrique (Yago Pikachu), Andrezinho (Diguinho) e Nenê; Caio Monteiro (William) e Thalles.
Técnico: Zinho (substituindo Jorginho, expulso na derrota contra o Avaí).

BRASIL DE PELOTAS: Luiz Muller; Weldinho, Camilo, Teco e Marlon; Leandro Leite, Washington, Nem (Clébson) e Diogo Oliveira (Nathan Cachorrão); Felipe Garcia e Ramon (Nena).
Técnico: Rogério Zimmermann

 

Texto: Jean Costa

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*