AVA 2×1 VAS – Vasco perde mais uma e vê a liderança ameaçada

Éder Luís partindo para o ataque (Foto: Divulgação/Site Oficial Vasco da Gama)

Em jogo ocorrido neste sábado (2), no estádio da Ressacada, o Vasco sofreu seu segundo revés em sequência. A partida contra o Avaí mostrou uma equipe vascaína sem brio e criatividade algum, frente a um adversário bem postado que soube se defender e aproveitar as oportunidades que teve. Com esta derrota, a equipe cruzmaltina estacou nos 28 pontos e viu o Atlético-GO igualar a pontuação, ficando em segundo, apenas em função do Vasco ter uma vitória a mais. O Avaí, depois desta vitória, conquistou 18 pontos e agora ocupa a 13ª colocação.

O primeiro tempo da partida começou com o jogo muito truncado e com ambas as equipes se estudando, porém esbarrando em constantes erros de passe quando se aproximavam da área adversária. A primeira jogada de perigo real só foi acontecer aos 34 minutos, quando Éder Luís puxou contra-ataque em velocidade e tocou para Nenê que chutou muito perto do canto esquerdo da baliza. Logo no minuto seguinte, mais duas jogadas quase modificaram o placar em Florianópolis antes do fim da primeira etapa: um ataque do Leão que culminou em uma cabeçada muito perigosa de Gabriel. A resposta do Vasco veio aos 37 minutos, com um chute perigoso de Éder Luís de fora da área.

Na volta do intervalo, o jogo parecia que iria seguir o ritmo lento que foi no primeiro tempo, quando aos quatro minutos, o zagueiro Aislan se atrapalhou todo com a bola e tocou para Renato marcar e botar o Leão na frente. O jogo a partir do gol se tornou um ataque contra defesa, com o Vasco pressionando muito e o Avaí sem conseguir emplacar nenhum contra-ataque. Aos 12 minutos, o técnico Jorginho colocou Caio Monteiro e Yago Pikachu no lugar de Julio dos Santos e Madson respectivamente, dando mais criatividade e impulsionando a equipe ainda mais a ir para frente.

As mudanças surtiram efeito logo de cara. Aos 13 minutos, Caio Monteiro colocou uma linda bola na cabeça de Éder Luís, que desperdiçou o lance. Aos 14, Caio faz nova jogada pela esquerda e toca para Marcelo Mattos, que dá entrada da área tenta encobrir Renan, mas o goleiro fez grande defesa.

Vendo que seu time sofria intensa pressão, o técnico Silas resolveu modificar a equipe e colocou Lucas Fernandes no lugar de Diego Jardel. E deu certo: aos 19, Lucas Fernandes faz um lindo lançamento para Romulo, que aproveitou a falha de Martín Silva e Pikachu que bateram cabeça e colocou no fundo da rede, agora Avaí 2 a 0.

O time cruzmaltino continuou atacando mas esbarrou na falta de sorte, quando aos 23, Aislan cabeceou, a bola bateu no travessão e no chão e sobrou para Caio Monteiro, que praticamente em cima da linha cabeceou no travessão. Logo em seguida, o árbitro da partida, em decisão polêmica marcou pênalti após falta cometida fora da área por Rodrigo. William foi para a bola e bateu com convicção no canto esquerdo do goleiro, mas Martín Silva se esticou todo e foi buscar.

Gol perdido por Caio Monteiro (Foto: Divulgação/Site Oficial Vasco da Gama)
Gol perdido por Caio Monteiro (Foto: Divulgação/Site Oficial Vasco da Gama)

Após o polêmico lance o técnico Jorginho foi expulso por reclamação e não viu seu time pressionar Avaí e conseguir descontar aos 40 com gol de Caio Monteiro pegando o rebote do goleiro após chute de Nenê. Mesmo pressionando bastante até o fim o time carioca não conseguiu chegar ao empate e emplacou sua segunda derrota seguida.

FICHA TÉCNICA
AVAÍ 2×1 VASCO

Local: Ressacada, SC
Data: 02 de julho de 2016
Horário: 16h30 (Horário de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Adailton Fernando Menezes (GO)
Cartões amarelos: Rômulo e Judson (Avaí) / Martín Silva, Andrezinho, Leandrão, Marcelo Mattos e Julio César (Vasco)
Gols: Renato Júnior (4’/2º Tempo) e Romulo (19’/2º Tempo) – Avaí / Caio Monteiro (40’/2º Tempo) – Vasco

AVAÍ: Renan; Alemão, André Santos, Gabriel e Capa; Judson (João Filipe), Jajá, Renato Júnior e Diego Jardel (Lucas Fernandes); William e Romulo (Célio Santos).
Técnico: Silas

VASCO: Martín Silva; Madson (Yago Pikachu), Aislan, Rodrigo e Julio César; Marcelo Mattos, Julio dos Santos (Caio Monteiro), Andrezinho e Nenê; Éder Luís (Evander) e Leandrão.
Técnico: Jorginho

 

Texto: Filipe [email protected]

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*