A volta do “Vocês vão ter que me engolir!”

Desabafo do Velho Lobo em 1997 volta na boca de Neymar após a conquista da medalha de ouro na Rio-2016

Neymar comemora gol marcado contra a Alemanha (Foto: Reuters/Bruno Kelly)

O ano é 1997. Mário Jorge Lobo Zagallo, técnico da seleção brasileira, vem sofrendo uma enxurrada de críticas acerca do desempenho de um time recheado de craques na Copa América daquele ano. Na dureza da altitude boliviana, onde se desenrolava o certame, a seleção brasileira não encontrava o bom futebol e nem uma formação sólida na defesa, que mesmo com grandes nomes, não inspirava confiança aos olhos da crítica imprensa brasileira. Mesmo assim, o time ia avançando na competição com ótimos resultados, inclusive com goleadas sobre Costa Rica e Peru. Nesse contexto, o Brasil chega à final contra os donos da casa, e numa partida impecável, vence por 3 a 1 com grande atuação e quebra o tabu de nunca ter vencido a Copa América fora do Brasil. Um título, até certo ponto, inédito. Em meio à explosão de alegria com o fim do jogo, Zagallo encontra um microfone em campo e desabafa: “Vocês vão ter que me engolir!” , em um recado mais que direto aos seus críticos, que argumentavam que a Seleção não mostrava bom desempenho em uma competição onde outra seleções não entraram com força máxima.

19 anos depois. A campanha da seleção olímpica de futebol segue um roteiro de trancos e barrancos nas Olimpíadas e tropeça em casa contra rivais como África do Sul e Iraque. A imprensa e a opinião pública não perdoam e batem impiedosamente na seleção brasileira que, contrariada com as críticas, evita entrevistas e procura se isolar da pressão. Contra a Dinamerca, no último jogo da fase classificatória, o Brasil consegue a classificação à segunda fase e deslancha, avançando à final para enfrentar a Alemanha, ainda assombrada pela tragédia da Copa de 2014. Nos pênaltis, a seleção canarinho chega à glória do ouro olímpico inédito e a frase célebre de Zagallo toma novamente os microfones, dessa vez na forma moleque e irreverente de Neymar, alvo de muitas críticas da imprensa por não ter dado entrevistas durante a competição. Neymar era apenas uma criança quando Zagallo cunhou o “Vocês vão ter que me engolir!” para a imprensa brasileira na Bolívia. Se ele não lembra de testemunhar o desabafo do Velho Lobo naquela época, com certeza ele pode saber que não poderia utilizar a frase de Zagallo de forma mais apropriada.
Esperamos que o desabafo de ontem de Neymar traga também o espírito do Velho Lobo de volta para a Seleção Brasileira.
Texto: Samuel Mattioda

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*